Enquanto os holofotes voltam-se para a nova geração do SUV grande Traverse, principal destaque da Chevrolet no Salão de Detroit, que acontece nesta segunda-feira (9), outro utilitário esportivo exibido de forma mais tímida chama a atenção dos visitantes brasileiros: o Equinox.

Isso porque há um mês a marca da gravata dourada divulgou que um modelo inédito está confirmado entre os lançamentos para o Brasil em 2017. Na ocasião, a empresa não revelou qual seria o novo carro, mas tudo indica que esse modelo será o Chevrolet Equinox, apresentado nesta segunda-feira (9) no Salão do Automóvel de Detroit (EUA). Isso porque a marca da gravata dourada faz questão de ressaltar que 2017 “será o ano dos SUVs no país”, denunciando que pretende aumentar a sua participação no segmento.

Acredita-se que o Equinox deve chegar no segundo semestre para substituir o envelhecido Captiva, importado do México, e ficar posicionado entre o Tracker 2017 (que acaba de ganhar uma reestilização e o motor 1.4 turbo do Cruze) e o grandalhão Trailblazer. Para ser vendida no mercado brasileiro, a terceira geração do Equinox deverá ser fabricada na Argentina, uma vez que compartilha a plataforma com o novo Cruze, já produzido no país vizinho.

Chevrolet Traverse 2018 ganha atualização no visual e novidades tecnológicas

Segundo modelo mais vendido da Chevrolet nos Estados Unidos (atrás apenas da picape Silverado), o Equinox é oferecido no mercado norte-americano com as motorizações a gasolina 1.5 turbo (172 cv de potência e 28 kgfm de torque) e 2.0 turbo (255 cv e 32,6 kgfm), além da 1.6 turbodiesel (138 cv e 36 kgfm). A transmissão é automática de novo marchas e há a oferta de tração integral nas versões mais caras.

Por aqui, o Equinox deverá ser comercializado em uma faixa de preços partindo acima dos R$ 110 mil (o Captiva custa R$ 108.190) para concorrer com o Jeep Compass, Hyundai ix35 e New Tucson, Honda CR-V, entre outros.

Entre os principais equipamentos de série estão rodas de liga leve de 17, 18 ou 19 polegadas, dependendo da configuração, luzes diurnas de LED, sistema multimídia MyLink com tela de sete ou oito polegadas e o serviço de concierge OnStar, já disponível em alguns modelos da Chevrolet no Brasil. Há ainda os alertas de colisão frontal e de ponto cego, sistema de mudança involuntária de faixa e câmera com visão de 360 graus.

Viagem a convite da General Motors do Brasil
Fotos: Larissa Florencio