Quando a Ford lançou o novo Fusion Hybrid no Brasi, a marca do oval azul prometeu 13 lançamentos ecológicos até 2020. Agora, a marca não só confirmou este plano, como também revelou alguns dos modelos. O mais surpreendente deles são as versões híbridas da picape F-150 e do Mustang.

Além deles, uma van Transit Custom híbrida “plug-in” na Europa e um utilitário esportivo totalmente elétrico com uma autonomia estimada de pelo menos 480 km para o mercado global. Para isso, haverá o investimento de US$ 700 milhões na expansão da fábrica de Flat Rock, em Michigan. A proposta é produzir veículos autônomos e elétricos de alta tecnologia, criando 700 novos empregos.

Essas ações são parte do investimento de US$ 4,5 bilhões que a marca fará em veículos elétricos até 2020. Elas também estão integradas ao plano de expansão da Ford para ser uma empresa automotiva e de mobilidade, incluindo a liderança em veículos elétricos e autônomos e a criação de novas soluções de mobilidade.

“À medida que mais e mais consumidores em todo o mundo se interessam por veículos elétricos, a Ford está empenhada em ser líder no fornecimento de uma ampla gama de veículos, serviços e soluções que tornem a vida das pessoas melhor”, disse Mark Fields, presidente da Ford mundial. “Os investimentos e a expansão da nossa linha refletem nossa visão de que a oferta global de veículos elétricos excederá os veículos a gasolina nos próximos 15 anos”.

Os demais veículos híbridos ou elétricos são um veículo autônomo de alto volume, projetado para uso comercial, dois novos veículos policiais híbridos para perseguição e os mencionados Mustang e F-150.