Mach 5, General Lee, Máquina de Mistério, Ecto-1 e Batmóvel são alguns exemplos de carros icônicos produzidos para séries de TV ou filmes de Hollywood. Outro exemplo é a Ferrari Testarossa que marcou época na série Miami Vice e que, em breve, estará a procura de um novo dono.

A empresa de leilões Barrett-Jackson anunciou que irá leiloar uma das unidades da série no tradicional leilão de Scottsdale, que acontece no próximo dia 22. O modelo é uma das duas unidades doadas pela própria Ferrari para a produção da série. A Testarossa chegou aos estúdios para substituir uma réplica construída sobre a plataforma de um Corvette.

O curioso é que a Ferrari Testarossa possui dois itens bem incomum aos para superesportivos atuais. O primeiro deles é o sonho de todo purista: câmbio manual. A transmissão manual de cinco marchas é conectada a um motor de 12 cilindros com um V de 180° que, na prática, o transforma em um flat-12. No total, o bloco possui 48 válvulas com 4.9 litros de capacidade deslocamento. A lubrificação é feita por um sistema de cárter seco, a potência total é de 396 cv a 6.300 rpm e o torque total é de 49,9 kgfm a 4.500 rpm. Com isso, o ícone dos anos 1980 é capaz de chegar aos 100 km/h em 5,3 segundos.

O segundo item incomum é o carphone, uma espécie de Android Auto ou Apple CarPlay rústico e presente apenas em carros mais luxuosos. Recentemente, a Testarossa de Miami Vice, que originalmente era preta e foi pintada de branca pela série, passou por uma pequena restauração certificada pela Ferrari. A supermáquina acompanha uma cópia da série.

Fotos: Divulgação