O Centro de Experimentação e Segurança Viária da seguradora Mapfre (Cesvi Brasil) anunciou os carros que conquistaram os melhores índices de reparabilidade em 2016 por meio da oitava edição do Prêmio Car Group – premiação concedida às montadoras que atingiram os melhores índices na relação entre custo e facilidade de reparos de seus modelos ao longo do ano.

Os prêmios foram distribuídos em 11 categorias diferentes, com destaque para a Volkswagen, vencedora pelo terceiro ano consecutivo ao conquistar cinco troféus – um deles foi para o up!, campeão entre os hatches compactos em 2014 e 2015 (veja todos os campeões na galeria abaixo).

“Em 2016, o Prêmio CAR Group é anunciado com 11 categorias ao invés das tradicionais 13 dos outros anos. As categorias hatch médio off-road e minivan média não fazem parte dessa edição, pois os veículos estudados pelo CESVI deixaram de ser fabricados pelas montadoras ou tiveram alterações estruturais e, portanto, devem passar por testes em nossas pistas antes de nova avaliação. O CAR Group, reforçamos, tem como objetivo apresentar ao consumidor e às seguradoras um índice fiel e balizador para a precificação dos veículos à venda no País”, comentou Emerson Feliciano, superintendente técnico do CESVI BRASIL.

Sobre o CAR Group – Criado em 1999, o índice CAR Group compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo. O Cesvi Brasil recebe o veículo antes de seu lançamento e realiza testes de impacto de baixa velocidade (15 km/h), com colisão de 40% da dianteira esquerda e 40% da traseira direita, de acordo com a Norma Internacional do RCAR (Research Council for Automobile Repairs), uma associação internacional de centros de pesquisa de seguradoras, especializados em reparação automotiva e segurança viária.

Depois de cada impacto, o veículo é levado a uma oficina-modelo, onde é estudada a extensão dos danos e a facilidade do reparo, bem como uma análise individual das peças envolvidas. É feito um cálculo que considera os custos da reparação dianteira e traseira, os tempos de substituição e a cesta básica de peças, gerando assim o índice CAR Group. E, após um ano, os veículos que mantiveram as melhores médias passam a compor o ranking de vencedores do Prêmio CAR Group, no qual quanto menor a nota, melhor é o índice de reparabilidade.

O estudo contempla automóveis fabricados no Brasil, Mercosul e importados. Estão excluídos os veículos fora de linha de produção, esportivos fora-de-série, picapes e utilitários com peso superior a 2.300 kg. A atualização do ranking é feita mensalmente.

Fotos: Divulgação