Apresentada no Salão de Detroit de 2015, a nova geração do Ford GT começou a ser produzida em Ontario, no Canadá. O primeiro carro foi conduzido por Raj Nair, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto Global da marca, dentro das instalações criadas especialmente para a manufatura de modelos de baixo volume de produção (a capacidade de produção da unidade é de 250 carros por ano).

No começo de 2016, a fabricante anunciou dois objetivos principais para o supercarro: conquistar um bom resultado nas 24 Horas de Le Mans e entregar as primeiras unidades antes do final do ano. “Conseguimos realizar os dois. Para todos que participaram do projeto e desenvolvimento deste carro, incluindo todos os nossos empregados e fornecedores, este é um momento de comemoração”, disse Raj Nair.

O novo Ford GT possui tecnologias presentes nos supercarros mais avançados da atualidade. A carroceria e as rodas são feitas de fibra de carbono, para privilegiar a redução de peso. A aerodinâmica ativa, a suspensão ajustável e os freios de carbono-cerâmica estão entre os recursos desenvolvidos para favorecer o desempenho do motor V6 EcoBoost de mais de 600 cv de potência.

Fotos: Divulgação