Segundo o balanço feito pela Ticket Log, empresa que atua no segmento de gestão de abastecimento e despesas corporativas, o preço médio do etanol teve um aumento de 1,34% em relação a outubro, encerrando o último mês a R$ 3,28 o litro. A maior variação de preço foi registrada em Santa Catarina, chegando a R$ 3,36/litro (alta de 4,06%).

Já o estado do Pará apresentou o maior preço médio para o derivado de cana-de-açúcar em novembro (R$ 3,80 o litro), seguido pelo Rio Grande do Sul (R$ 3,74/litro) e Amapá (R$ 3,70/litro). O estado de São Paulo possui o menor preço registrado pelo litro do etanol no país (R$ 2,73/litro).

GASOLINA – o balanço da Ticket Log mostrou também que a gasolina teve uma leve queda de 0,34% no custo médio por litro em novembro, encerrando o mês a R$ 3,82/litro. O maior preço médio do derivado de petróleo foi identificado no Acre (R$ 4,16/litro), seguido por Rondônia (R$ 4,00/litro) e Rio de Janeiro (R$ 3,97/litro). Os menores valores foram registrados no Distrito Federal (R$ 3,50/litro) e São Paulo (R$ 3,56/litro).

OUTROS COMBUSTÍVEIS – o diesel e o diesel S10 tiveram pouca variação e custaram R$ 3,15/litro e R$ 3,25/litro, respectivamente. O gás natural veicular teve média de R$ 2,34/m³.

Foto: CanaOnline