Sétimo sedã médio mais vendido do Brasil no acumulado de janeiro a outubro (3.749 unidades), o Renault Fluence sofreu o segundo reajuste de preços desde setembro, quando passou a ser oferecido apenas nas versões Dynamique Plus (parte de R$ 95 mil) e Privilège (R$ 103.600) e superou a barreira dos R$ 100 mil.

As duas configurações são equipadas com o motor 2.0 16V flex de 143 cv e transmissão automática do tipo CVT (continuamente variável) com simulação de trocas manuais na alavanca (mesmo conjunto mecânico do Nissan Sentra).

Desde a versão Dynamique Plus, o sedã é equipado de série com ar-condicionado digital de duas zonas, airbags frontais e laterais, freios com ABS, chave presencial, sensor de chuva, faróis com acionamento automático, faróis de neblina, rodas de aro 16, central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas, GPS e bancos revestidos de couro.

Na variante topo de linha, a Privilège, há o acréscimo de bancos revestidos de couro cinza, retrovisores com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento traseiro, teto solar, airbags de cortina, controles de estabilidade e tração, faróis de xenônio, luzes diurnas de LED e rodas de 17 polegadas.

Fotos: Divulgação e Reprodução site Renault