A Hyundai revelou, no Salão do Automóvel de São Paulo, o SUV compacto Creta, um dos lançamentos mais aguardados do ano. O modelo produzido em Piracicaba (SP) estreará no começo do ano que vem, quando os preços serão divulgados.

Projeto global da marca sul-coreana, o Creta recebeu alterações específicas para o mercado brasileiro (o desenho da frente é diferente do modelo vendido na Ásia). O nome faz referência à ilha grega, situada no Mar Mediterrâneo, seguindo a linha de outros SUVs da Hyundai que homenageiam localidades específicas (Santa Fe, Tucson).

Montado sobre a mesma plataforma do sedã médio Elantra, o Creta mede 4,27 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,63 m de altura e 2,59 m de distância entre-eixos. A altura livre do solo é de 19 centímetros.

As motorizações disponíveis serão a 1.6 flex de 123/130 cv de potência a 6.300 rpm e 16/16,5 kgfm de torque a 4.700 rpm (gasolina/etanol) com câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas. O motor 2.0 flex de 156/166 cv a 6.200 rpm e 19,1/20,5 kgfm a 4.700 rpm será oferecido apenas com a caixa automática.

New Tucson

Outra novidade confirmada pela marca é a produção da nova geração do Tucson em Anápolis (GO) a partir de 2017. O SUV ficará posicionado acima do ix35 no portfólio de utilitários esportivos da Hyundai no Brasil. O modelo será oferecido nas versões GL, GLS, Top e em uma série especial de lançamento limitada a 30 unidades. Os preços partirão de R$ 138.900.

O New Tucson será equipado com um moderno motor 1.6 turbo a gasolina de 177 cv a 5.500 rpm e 27 kgfm entre 1.500 e 4.500 rpm, acoplado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas.

 

Desde a versão de entrada o SUV é equipado com chave presencial, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, ar-condicionado de duas zonas, central multimídia com tela de 7 polegadas e compatível com Android e Apple Car Play, faróis com acendimento automático, retrovisores com desembaçador, rack de teto, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ganchos Isofix para cadeirinhas infantis e bancos dianteiros com regulagem elétrica.

A configuração intermediária GLS acrescenta painel com tela digital de LCD de 4,2 polegadas, acabamento cromado na grade dianteira, maçanetas e retrovisores, faróis com fita de LED, lanternas traseiras de LED, teto solar panorâmico.

Já a Top agrega espelho interno fotocrômico, tampa do porta-malas com abertura por aproximação, bancos dianteiros com aquecimento e ventilação, faróis full LED com facho direcional, assistente de estacionamento, detector de ponto cego e moldura cromada dos vidros.

Picape conceito

Além dos utilitários esportivos, a Hyundai apresentou um conceito de uma picape compacta-média baseada no Creta. O modelo desenvolvido em parceria com o Centro de Design da marca na Coreia do Sul pode dar pistas de futuros planos da Hyundai no segmento que atualmente conta apenas com a Fiat Toro e a Renault Duster Oroch. A fabricante deixa claro que a picape é pensado para o público mais jovem, que vive em centros urbanos, mas busca por conforto e robustez em atividades fora das grandes cidades.

Fotos: Guilherme Silva e Divulgação