Como já era previsto, o Salão do Automóvel de São Paulo está repleto de novidades para o mercado brasileiro. Confira abaixo um resumo do primeiro dia do evento:

Kia

A marca coreana confirmou a chegada do novo Cerato. O sedã médio será importado do México e, por enquanto, em apenas uma versão que tem preço sugerido de R$ 76.990. A Kia também aproveitou para reafirmar a chegada das versões sedã e hatch do compacto Rio para 2017.

Fiat

Na Fiat, o destaque ficou para o Mobi, que ganhou o novo motor 1.0 Firefly de três cilindros. Além disso, o subcompacto marca a estreia do sistema de entretenimento Live On. Outra novidade é a Toro 2.4 Black Jack, uma série especial que ganha diferenciais em acabamento e bancos de couro. Por fim, o roadster 124 Spider marcou presença, mas não teve a sua venda confirmada no Brasil.

Chevrolet

A Chevrolet aproveitou o Salão do Automóvel para revelar a nova geração do hatch médio Cruze Sport6, além do reestilizado do SUV Tracker. Ambos chegam às lojas antes do final do ano, equipados com o motor 1.4 turbo flex de 153 cv e câmbio automático de seis marchas.

Ford

Na Ford, o destaque fica para o Mustang, que finalmente foi anunciado para o Brasil. O modelo chega em pré-venda no final de 2017 com as primeiras entregas marcadas para 2018. O superesportivo GT e a monstruosa F-150 Raptor marcam presença, mas sem previsão de serem vendidos no país.

Volkswagen

A Volkswagen apelou para o passado e revelou o conceito inspirado no Gol GT, que combina inspirações no modelo histórico do modelo e no Golf GTI.

Audi

A Audi contou com as presenças da atriz Isis Valverde e do skatista profissional Bob Burnquist para apresentar os novos S5 e R8. Este último chega ao Brasil em dezembro por mais de R$ 1 milhão na versão V10 Plus de 610 cv.

Toyota

Na Toyota as novidades foram escassas. O único anuncio foi a chegada do SUV RAV4 reestilizado em 2017. O aguardado CH-R, futuro rival do Honda HR-V, deu as caras apenas na versão conceitual e ainda está distante do Brasil.

Nissan

A Nissan apresentou a nova geração da picape média Frontier, que chega para tentar salvar as vendas do modelo em um dos segmentos mais disputados. O SUV Kicks ganhou uma nova combinação de cores, combinando a carroceria com pintura preta e o teto em cinza. O superesportivo GT-R, vendido por R$ 900 mil no Brasil, é o destaque do estande da marca.

Honda

Sob os olhares da estreia mundial do WR-V, o HR-V ganhou uma nova versão topo de linha, a Touring. A variante distingue-se das demais pelos acabamento mais refinado e na inclusão de luzes diurnas de LED. O irmão recém-lançado também divide plataforma com o Fit.

Jaguar – Land Rover

O estande da marca britânica abrigou três belas novidades. A primeira delas é o Jaguar F-Type SVR, equipado com um poderoso V8 de 575 cv e 71,3 kgfm de torque. Outra novidade é a nova geração do Discovery, que começa a ser vendido em 2017. Por fim, o Evoque conversível fez sua estreia e já está em pré-venda.

Renault

A Renault, além dos novos motores para a dupla Sandero e Logan, apresentou seus dois novos SUVs para o mercado nacional. Trata-se do Captur, feito sobre a plataforma do Duster, e o francês Koleos. O Kwid, subcompacto tratado como SUV pela marca, também foi apresentado.

Hyundai

Por fim, a Hyundai apresentou dois novos SUVs nacionais: a nova geração do Tucson, que será fabricada em Goiás, e o inédito Creta, que chega para brigar no mercado de SUVs compactos. A marca também revelou a picape conceito Creta STC, possível rival da Fiat Toro no futuro.