A Renault quer crescer no Brasil, para isso, nada melhor que se aproveitar do segmento que continuando embalando as vendas de novos veículos, os SUVs.

A expectativa da marca, que cresceu 13% em participação de mercado no primeiro semestre, é abocanhar 10% do mercado nacional, atualmente essa fatia é de 7,4%. Para chegar lá, vale até empurrar o subcompacto Kwid com um SUV.

Kwid

O Kwid é, de acordo com a marca, um SUV compacto urbano ideal para as grandes cidades, ágil e com grande versatilidade. Ele utiliza uma nova plataforma mundial da Aliança Renault-Nissan, conhecida como CMF-A, com cerca de 80% do seu conteúdo composto por peças novas, desenvolvidas pela Renault Tecnologia Américas para atender às necessidades dos mercados brasileiro e latino-americano. O resultado é um carro compacto, mas com bom aproveitamento do espaço interno. Além disso, o modelo aposta em segurança, uma vez uqe será equipado com quatro airbags de série.

No Salão de São Paulo, o utilitário-esportivo compacto ganha um visual que reforça a sua robustez e versatilidade. Trata-se do Kwid Outsider Concept, um show car desenvolvido pelo Renault Design América Latina (RDAL) especialmente para o evento. O veículo é um exercício de cores e materiais, que destacam a posição de dirigir, mais alta que os carros compactos disponíveis no mercado, a boa altura em relação do solo, similar à de SUVs médios, e seus ângulos de entrada e de saída.

Captur

Produzido no Paraná e desenvolvido pela Renault Tecnologia Américas, o Captur será posicionado acima do Duster, brigando para conquistar espaço no segmento que mais cresce no país.

O Captur terá uma gama composta por uma versão com o novo motor 1.6 SCe com câmbio manual e outras duas com o câmbio CVT X-Tronic, o mesmo que equipa o Kicks. A quarta opção é com motor 2.0 e câmbio automático, voltada a quem deseja ainda mais desempenho.

O Captur trará, de série, itens como controles eletrônicos de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, chave cartão “hands free”, retrovisores elétricos rebatíveis e quatro airbags, entre outros.

A partir de 11 de novembro entra no ar o hot site do Captur. A web page vai destacar as principais características do modelo. A versão escolhida para a pré-venda é a topo de linha 2.0, com câmbio automático, bancos de couro e pintura biton. Com uma experiência 3D e visão 360º do exterior e do interior, o internauta poderá escolher versão, cor, fazer a pré-reserva do carro e compartilhar nas redes sociais.

Koleos

No segmento topo de gama, a Renault traz para o Salão do Automóvel de São Paulo o Koleos, recém-apresentado no Salão de Paris. O veículo é um SUV premium mundial da Renault, voltado para vários mercados em que, assim como o Brasil, os utilitários-esportivos estão em alta.

O Koleos mescla as características de um SUV à sofisticação dos grandes sedãs. A carroceria é musculosa, com linhas horizontais bem marcadas, além de uma distância do solo mais alta.

Sob o capô, o Koleos traz o motor 2.5 litros, 16V, com quatro cilindros e duplo comando de válvulas, que entrega uma potência máxima de 182 cv a 6.000 rpm, com torque máximo de 23,7 kgfm a 4.000 rpm. O desenvolvimento do propulsor priorizou a redução de atrito, aumentando, assim, a performance e otimizando o consumo de combustível. Com 90% do torque máximo disponível a partir de 1.800 rpm. O veículo faz de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos.

O SUV traz a tecnologia 4x4i, que torna fácil a troca entre os modos 2WD, 4WD Auto e 4WD Lock. Na lista de equipamentos de série estão seis airbags, alerta de ponto cego, sistema de estacionamento autônomo, multimídia com tela de 8,7”, com 13 alto-falantes Bose premium, teto solar panorâmico, painel customizável, operação de alguns comandos “hands free” entre outros.