Há nove anos, a publicação sueca Teknikens Värld denunciava a Toyota Hilux no “teste do alce”. De acordo com os testes, a picape da marca era propensa a capotar nesse tipo de manobra. O teste consiste em realizar um desvio, como se um animal cruzasse a estrada de forma inesperada.

Agora, a mesma publicação, realizou um novo teste, desta vez com a nova geração da picape. No entanto, os resultados foram praticamente os mesmos. A tentativa de desvio é feita a 57 km/h com o controle de estabilidade ligado. No vídeo abaixo, observa-se que a picape fica com duas rodas fora do chão, sendo necessário o motorista corrigir a direção para evitar o capotamento. O teste é realizado com uma carga de 834 kg.

No vídeo também é possível assistir aos testes de outras picapes, como a Volkswagen Amarok, Nissan Navara (Frontier) e Mitsubishi L200. Os representantes da Toyota se defenderam e informaram que, de acordo com todos os testes realizados durante o desenvolvimento, a Hilux é um veículo seguro.