A Chery anunciou nesta terça-feira (18) o início das vendas da nova geração do subcompacto QQ fabricada em Jacareí (SP). Depois do Celer, o modelo é o segundo produto da marca chinesa a ser produzido na fábrica no interior paulista. Até então, o “New QQ” era importado da China.

Com preço inicial de R$ 29.990 na versão de entrada Look, o New QQ é o único carro novo vendido no Brasil abaixo de R$ 30 mil. A variante Act é oferecida por R$ 31.990.

O carro nacional mais barato era o Fiat Palio Fire, que está prestes a sair de linha (vendido apenas para frotistas) e custa R$ 30.040.

Desde a versão Look, o QQ é equipado de série com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, airbags frontais, freios com ABS, luzes de condução diurna em LED, rodas de aço com calotas de 14 polegadas, rádio AM/FM com reprodutor de MP3/Bluetooth e dois alto-falantes, travamento central das portas.

A configuração Act adiciona rodas de liga leve de aro 14, vidros traseiros e retrovisores com acionamento elétrico, limpador e desembaçador do vidro traseiro e quatro alto-falantes.

A motorização é a mesma para as duas versões: 1.0 de três cilindros com injeção direta de combustível, movida apenas a gasolina, que gera 69 cv de potência a 6.000 rpm e 8,5 kgfm de torque a 4.000 rpm. A transmissão é manual de cinco marchas.

Segundo a Chery, o New QQ nacional recebeu melhorias no isolamento acústico e está disponível em seis cores (azul, branco, marrom, prata, preto e vermelho). A garantia é de três anos.

Fotos: Divulgação