Recentemente, escrevi aqui no Carsale sobre a relação custo x benefício entre os usados. Como incluí alguns modelos inusitados – os quais, para mim, entregam mais do que cobram –, a lista acabou se tornando um tanto polêmica.

Nesta semana, vou deixar a minha opinião de lado e falar sobre modelos que são considerados os “queridinhos” do mercado de usados. Aqueles veículos que, por algum motivo, sequer esquentam classificados, pois sempre surge alguém interessado em fazer negócio.

Confira os cinco preferidos:

HONDA FIT

Tirando os carros de entrada, mais baratos e com maior participação de mercado, não tenho dúvidas que o Fit é o campeão dos campeões. O modelo vende muito bem em qualquer uma de suas três gerações. Há 12 anos em circulação, o Honda Fit tem versões para todos os tipos de bolsos. Os mais procurados são os com câmbio automático, mas os manuais também vendem bem.

O Fit é simples e caro, mas entrega o que muitos apreciam: robustez mecânica, baixo consumo de combustível e fácil revenda. A Honda trabalha muito bem isso em seus carros e, por esse motivo, conquistou uma reputação invejável. Já procurei e avaliei muitos Fits para clientes, e nunca foi fácil encontrar um em bom estado. Imagino que por ser um carro do tipo “pau para toda obra”, alguns proprietários não se preocupam muito em mantê-los bem apresentáveis.

TOYOTA COROLLA

Este sedã simplesmente esmaga a concorrência. No mercado de usados, a procura pelo Corolla é grande. É mais um dos que conseguem atender todos os bolsos e passa a imagem de robustez como nenhum outro. O Corolla sempre foi simples, sem muitos refinamentos, mas o seu comprador, em geral, não está atrás de uma farta lista de opcionais – algo que poderia encontrar num carro francês, por exemplo. O sedã da Toyota é um dos carros que mais me pedem para comprar, quando sou contratado. Preferencialmente, nas versões topo de linha (Altis e SE-G).

NISSAN TIIDA

O Tiida, nesta lista de “queridinhos”, pode surpreender a maioria. Mas garanto que este é um carro muito procurado. Alguns consumidores ainda têm certo preconceito contra ele. Consideram-no um mau negócio por ter saído de linha – um erro da Nissan, em minha opinião. Mas boa parte das pessoas descobre nele um carro extremamente completo, por um preço inferior ao cobrado por um veículo de entrada novo. Como o Nissan Tiida não vendeu muito, o que tem anunciado é disputado a tapa. Eu já consegui migrar muitos consumidores de Fit para o Tiida, só mostrando a eles que, pelo mesmo valor, era possível levar um carro mais novo, mais potente e equipado.

MITSUBISHI PAJERO TR4

Pequeno, apertado, desconfortável e gastão. Nada disso é levado em conta pelo comprador da TR4. Comprador este, aliás, que se divide entre os que precisam de um jipinho urbano para enfrentar lugares que outros não iriam e os que apenas gostam do estilo, mesmo que nunca o coloquem para rodar numa estrada de terra. Para mim, a Mitsubishi Pajero TR4 jamais deveria ter saído de linha. Como Caçador de Carros, perdi as contas de quantas TR4 avaliei, de todas as versões e gerações. Pelo menos comigo, a maioria dos clientes pede câmbio automático. Percebo, porém, que as com câmbio manual também têm um público bastante fiel.

HYUNDAI HB20

Este é um fenômeno! Tem qualidades de robustez e economia, mas o que mais chama atenção no Hyundai HB20 é o design. Quando foi lançado, em 2012, a lista de espera era de meses. Bastou um tapa no visual, anos mais tarde, para que essa lista de espera voltasse. Isso refletiu no mercado de usados, e ainda faz com que o HB20 seja muito procurado. Ajuda, também, o fato de ter versões com câmbio automático e garantia de cinco anos. Com isso, até as primeiras unidades vendidas, em setembro de 2012, ainda estão cobertas pelo fabricante – desde que respeitadas as revisões em concessionária. Sem dúvida, isso representa segurança para quem compra um carro usado.

Para concluir, você percebeu que esta lista só tem modelos de origem asiática? Pois é! A qualidade construtiva e a robustez mecânica desses carros fazem deles, indiscutivelmente, os “queridinhos” do mercado de usados. E para você, caro leitor, quais são os carros preferidos desse segmento? Deixe a sua opinião nos comentários.

Até a próxima!

Felipe Carvalho é o primeiro caçador profissional de carros do Brasil. Acesse o site www.cacadordecarros.com.br e saiba mais. Inscreva-se no canal do Caçador de Carros no YouTube e curta a página de Felipe no Facebook.