Eternos rivais, Chevrolet Camaro e Ford Mustang disputam a preferência dos fãs de muscle cars há quase cinco décadas no mercado norte-americano. Líder de vendas desde novembro de 2014, o Mustang perdeu o primeiro lugar do segmento para o rival em setembro, a primeira vez em quase dois anos.

– Edição de 50 anos marca a estreia do novo Camaro no Brasil
– Novo Ford Mustang estreia na Argentina a partir de US$ 98 mil

No último mês, o Camaro vendeu, nos Estados Unidos, 6.577 unidades contra 6.429 do Mustang, contabilizando 148 carros a mais que a bem-sucedida sexta geração do Ford. Ainda assim, o Mustang lidera o segmento com folga no acumulado do ano: 87.258 unidades ante as 54.535 do Chevrolet.

O principal motivo para o avanço do Camaro são os descontos que chegam a US$ 3.340 (cerca de R$ 10.700 em conversão direta) concedidos pela General Motors para liquidar os estoques das concessionárias antes de lançar a linha 2017 do esportivo nos Estados Unidos.

Ford Mustang

Em entrevista para o site Autocar, o porta-voz da Chevrolet, Jim Cain, disse que “a empresa tem de reduzir os estoques de modelos 2016 antes de lançar a linha 2017, portanto, foi necessário conceder boas ofertas ao mercado. O resultado foi um crescimento significante nas vendas e uma redução considerável nos estoques das concessionárias”.

A briga entre os dois muscle cars ficou mais acirrada nos últimos anos com a atualização dos modelos. Após o lançamento da quinta geração, o Camaro liderou o mercado de 2010 a 2014, mas o concorrente virou o jogo com a chegada da sexta geração há dois anos.

Fotos: Divulgação