A Ford confirmou a presença da nova F-150 Raptor 2017 no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece entre os dias 10 e 20 de novembro. Embora a picape seja uma das atrações da marca no evento, não existe a previsão de o modelo ser vendido no Brasil.

A versão extrema da picape mais vendida dos Estados Unidos é equipada com o motor EcoBoost de 3.5 litros V6 biturbo a gasolina, que desenvolve 456 cv de potência e 70,5 kgfm de torque. A geração anterior utilizava um 5.0 V8 aspirado de 416 cv.

Para gerenciar essa cavalaria, a F-150 Raptor 2017 utiliza um moderno câmbio automático de dez marchas, que envia a força do motor ao novo sistema de tração 4×4. O recurso tem funcionamento sob demanda para rodagem diária e bloqueio mecânico para o uso no fora-de-estrada severo. A picape é a única da linha da Ford a contar com seis modos de condução: normal, esportivo, clima, lama/areia, rocha e baja (para rodar a altas velocidades em terrenos desérticos atuando no bloqueio do diferencial e nas respostas do acelerador e dos turbos).

“A Raptor foi desenvolvida para ser uma máquina de desempenho off-road sem concessões”, explica Matt Tranter, supervisor de engenharia da Ford Performance. “Por isso trocamos o bloco V8 de ferro fundido pelo EcoBoost V6 de alumínio de alta potência, desenvolvido para oferecer cerca de 40 cv de potência e 10,5 kgfm de torque a mais que a Raptor anterior”.

A nova F-150 Raptor 2017 é construída em alumínio de nível militar montada sobre um chassi de aço de alta resistência. Essa nova estrutura é cerca de 220 kg mais leve que o da Raptor anterior. Além disso, a picape é dotada de sistema start-stop e melhorias eletrônicas e mecânicas que melhoraram o consumo de combustível em 20%.

Fotos: Divulgação