Após anunciar que faria uma unidade extra da versão cupê para ajudar as vítimas dos terremotos na Itália, a Ferrari anunciou que já vendeu todas as unidades da LaFerrari Aperta.

A marca irá produzir apenas 200 unidades – certamente por um preço significativamente superior aos US$ 1,7 milhão (cerca de R$ 6,7 milhões em conversão direta) cobrados no exterior por cada uma das 499 unidades da versão convencional.

Porém, tal qual uma McLaren F1 é investimento melhor que uma mansão em Londres, já tem futuro proprietário de olho em lucrar com o modelo. Um alemão que supostamente comprou uma unidade, anunciou o modelo no site James Edition, uma espécie de mercado online de luxo. Ele garante a entrega em 2017, mas não revela valores.

A LaFerrari Aperta tem o conjunto mecânico híbrido formado pelo motor de 6.2 litros V12 a gasolina, que gera 798 cv de potência a 9 mil rpm e 71,3 kgfm de torque a 6.750 rpm, e funciona associado a um propulsor elétrico de 162 cv. A potência total é de 960 cv. A transmissão é automatizada de sete marchas e dupla embreagem.