Depois do Nissan Kicks, o novo Jeep Compass é mais um utilitário esportivo que faz a sua estreia mundial no Brasil. O terceiro produto fabricado pela Fiat Chrysler Automóveis (FCA) no interior de Pernambuco chega às lojas em outubro para preencher a gama da Jeep – posicionado entre o Renegade e o Cherokee – e disputar a liderança do segmento de SUVs médios. O Compass estreia com quatro configurações de acabamento e motorizações flex e turbodiesel (confira os preços e principais equipamentos de série abaixo).

Compass Sport 2.0 flex AT6 4×2 (R$ 99.990): direção elétrica; ar-condicionado; airbags frontais; freios a disco nas quatro rodas com ABS; controles eletrônicos de estabilidade, tração, anticapotamentoe de oscilação de reboque; faróis e lanternas de neblina; luzes diurnas; ganchos Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro; rodas de liga leve de 17 polegadas; volante multifuncional revestido de couro e com ajustes de altura e profundidade; sensor de estacionamento traseiro; assistente de partida em rampas; rack de teto na cor preta; limitador de velocidade; monitoramento da pressão dos pneus; central multimídia UConnect com tela de 5 polegadas, GPS, Bluetooth e entradas USB e auxiliar; painel com tela configurável de 3,5 polegadas; alarme antifurto; frisos laterais e traseiro na cor preta; freio de estacionamento eletrônico, entre outros.

Compass Longitude 2.0 flex AT6 4×2 (R$ 106.990): itens da Sport, mais ar-condicionado automático digital de duas zonas; banco do passageiro com porta-objetos sob o assento; central UConnect com tela de 8.4 polegadas e comando de voz; rodas de 18 polegadas; frisos cromados; chave presencial com botão de partida no painel; borboletas atrás do volante para a troca de marchas.

Compass Longitude 2.0 turbodiesel AT9 4×4 (R$ 132.990): mesmos equipamentos da Longitude flex; motor 2.0 turbodiesel de 170 cv, câmbio automático de nove marchas e sistema de tração 4×4 com seletor para quatro tipos de terreno.

Compass Limited 2.0 flex AT6 4×2 (R$ 124.990): adiciona ao pacote da Longitude os airbags laterais de cortina e do joelho do motorista; painel com tela configurável de 7 polegadas; rack de teto cromado; faróis de xenônio; bancos de couro; teto pintado de preto e retrovisores com rebatimento elétrico.

Compass Trailhawk 2.0 turbodiesel 4×4 (R$ 149.990): mesmos equipamentos da Limited, mais acabamento externo em cinza acetinado, rodas de 17 polegadas; pneus de uso misto; ganchos para reboque dianteiros e traseiros; protetores de cárter, transmissão e tanque de combustível; seletor de tração para cinco terrenos.

Há ainda a oferta da edição especial de lançamento Opening Edition (R$ 109.490), baseada na Longitude 2.0 flex e limitada a 500 unidades equipadas com o pacote de opcionais Premium, que acrescenta acendimento automático dos faróis, bancos em couro caramelo, sensor de chuva, retrovisor interno eletrocrômico e sistema de som da marca Beats.

As versões Sport e Longitude podem receber os pacotes de opcionais Premium (R$ 3.500) e Safety (por R$ 3 mil acrescenta os airbags laterais, de cortina e para os joelhos do motorista). Todas as configurações podem ser equipadas com o teto solar panorâmico (R$ 6.800). Já o pacote High Tech (R$ 13.500), que adiciona piloto automático adaptativo, aviso de mudança de faixa, farol alto automático, alerta de colisão frontal, sistema de estacionamento automático, som Beats, tomada de 127 Volts, banco do motorista com regulagem elétrica, está disponível apenas para a Limited e Trailhawk.

Maquete do Jeep Compass em escala 1:6 na fábrica da FCA em Goiana (PE)

Maquete do Jeep Compass em escala 1:6 na fábrica da FCA em Goiana (PE)

A segunda geração do Compass é construída a partir da plataforma do Renegade e da Fiat Toro. Por conta da modularidade dessa arquitetura, o novo SUV tem medidas ligeiramente maiores que as do irmão menor, porém, inferiores aos da picape. Comparado com o Renegade, o estreante é 19 centímetros mais comprido, 2 cm mais largo, 3 cm mais alto e o entre-eixos é 7 cm mais longo (veja as medidas na ficha técnica no final da matéria).

Com uma proposta mais familiar, o Compass ainda leva vantagem na hora de levar as bagagens, pois o seu porta-malas de 410 litros (1.191 litros com o banco traseiro rebatido) supera com folga os 280 litros do Renegade.

Enquanto o Renegade tem visual inspirado no clássico Willys, o Compass remete ao Grand Cherokee com uma aparência imponente, porém, mais genérica. Ainda assim ele carrega o DNA da Jeep, caracterizado pela grade frontal com sete fendas e os para-lamas retangulares. A exemplo do Renegade, o Compass também traz os easter eggs (termo em inglês para os ovos de chocolate que as crianças têm de encontrar no Domingo de Páscoa), pequenos detalhes espalhados pela carroceria, como uma lagartixa na moldura inferior do para-brisa e o Monstro do Lago Ness na base do vidro traseiro.

Easter egg na base do para-brisa do Jeep Compass

Easter egg na base do para-brisa do Jeep Compass

Por dentro, o Compass é mais sofisticado que Renegade e Toro. Apesar do acabamento superior, o posicionamento dos comandos é bem parecido com o do irmão menor. O painel e as portas são revestidos com material macio ao toque, os botões do ar-condicionado são idênticos aos utilizados no Cherokee e os bancos são mais envolventes. O espaço da cabine também é melhor, tanto para motorista e o passageiro da frente como para quem vai atrás. Durante uma rápida volta no banco traseiro, ficou a impressão de que dois adultos de 1,80 m e uma criança viajam ali com boa dose de conforto.

Ao volante do Compass, chamam a atenção o bom isolamento acústico e o rodar confortável. As suspensões, independentes nas quatro rodas, mostraram eficiência na absorção de impactos no asfalto e nas estradinhas de areia e terra batida onde guiamos o SUV. Embora seja alto, o Compass transmite segurança ao motorista em curvas e em rápidas mudanças de direção, como ultrapassagens e desvios de buracos.

Como no Renegade e na Toro, o motor MultiJet II de 170 cv de potência garante bom desempenho para a proposta do SUV por conta da disponibilidade dos 35,7 kgfm de torque a baixas rotações. Na estrada, o Compass embala rápido e, com o auxílio do bem calibrado câmbio automático de nove marchas, retoma velocidade e realiza ultrapassagens com boa disposição. Segundo a Jeep, o utilitário acelera de 0 a 100 km/h em cerca de 10 segundos.

No teste realizado em uma pista off-road na fábrica da Jeep em Goiana (PE), foi possível comprovar um pouco do que a versão Trailhawk é capaz de fazer fora do asfalto. Obstáculos, como caixa-de-ovos, pêndulos, uma subida íngreme repleta de pedras e até mesmo um alagamento de 40 centímetros, foram facilmente superados pelo SUV com o auxílio da primeira marcha reduzida e do seletor de tração, que permite escolher até cinco diferentes tipos de piso.

Já as versões equipadas com o motor TigerShark 2.0 flex, que gera até 166 cv de potência com etanol, câmbio automático de seis marchas e tração dianteira não puderam ser avaliadas, pois serão disponibilizadas à imprensa especializada para teste em outro evento de lançamento.

Com a expectativa de vender entre 2 mil e 2.500 unidades do Compass por mês, a Jeep diz que as versões flex serão responsáveis por 70% do mix de vendas, uma vez que elas miram os cansados Hyundai ix35 e Mitsubishi ASX, além do recém-atualizado Kia Sportage. Já as variantes a diesel, por serem mais caras, competirão com os alemães Audi Q3, BMW X1 e Mercedes-Benz GLA (todos flex).

Viagem a convite da Jeep.
Fotos: Divulgação e Guilherme Silva

Ficha técnica

 
Jeep Compass Trailhawk
Jeep Compass Longitude
CarroceriaMonobloco em aço, cinco portas, cinco lugaresMonobloco em aço, cinco portas, cinco lugares
MotorTransversal, quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta de combustível, turbocompressor, intercooler, dieselTransversal, quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta de combustível, turbocompressor, intercooler, diesel
Cilindrada (cm³)1.9561.956
Potência170 cv a 3.750 rpm170 cv a 3.750 rpm
Torque35,7 kgfm a 1.750 rpm35,7 kgfm a 1.750 rpm
Freios dianteirosDiscos ventiladosDiscos ventilados
Freios traseirosDiscos sólidosDiscos sólidos
Suspensão dianteiraIndependente McPhersonIndependente McPherson
Suspensão traseiraIndependente multibraçosIndependente multibraços
RodasLiga leve de 17 polegadasLiga leve de 18 polegadas
Pneus225/60 R17225/55 R18
DireçãoElétricaElétrica
Peso em ordem de marcha (kg)1.7511.717
Comprimento (metros)4,414,41
Largura (m)1,811,81
Altura (m)1,651,65
Distância entre-eixos (m)2,632,63
Tanque (litros)6060
Volume do porta-malas (litros)388410
TransmissãoAutomática de nove marchasAutomática de nove marchas
Tração4x4 sob demanda, com bloqueio de diferencial e reduzida4x4 sob demanda, com bloqueio de diferencial e reduzida