A Renault Pro+, divisão de veículos comerciais da marca francesa, aproveitou o Salão do Automóvel de Veículos Comerciais de Hannover, na Alemanha, para apresentar quatro versões da picape Alaskan. Todos os modelos são voltados para o trabalho.

De acordo com a marca, as modificações servem para demonstrar a capacidade da picape. A marca preparou uma ambulância, um carro guinho, uma viatura dos bombeiros e outra unidade com escada guia para concessionárias de energia elétrica.

A picape será equipada com motores de quatro cilindros turbodiesel de 2.3 (o mesmo da van Master) e 2.5 litros e opções de câmbio manual e automático, ambos de seis marchas, além do sistema de tração 4×4 com reduzida. A capacidade de carga é de uma tonelada.

Primeira picape média da Renault, a Alaskan é um produto global que também será produzido na Espanha e no México para atender a demanda de outros mercados pelo mundo – exceto os Estados Unidos. Posicionada acima da Duster Oroch, a Alaskan competirá com Chevrolet S10, Ford Ranger, Mitsubishi L200, Nissan Frontier, Toyota Hilux e Volkswagen Amarok.