No início deste ano, a Bugatti aprimorou o conceito de hipercarro ao apresentar o Chiron, sucessor do icônico Veyron, e com produção limitada a 500 unidades – segundo a marca, 200 já foram vendidas após um depósito prévio de US$ 250 mil (R$ 800 mil). O valor de cada carro é de US$ 2,5 milhões (R$ 8 milhões) nos Estados Unidos e Europa.

Porém, por uma “pequena” fração dessa fortuna é possível comprar um pequeno Chiron. Uma miniatura em escala 1:8, licenciada pela Bugatti, está à venda por US$ 10.431 (R$ 33.728) em uma concessionária da marca em Londres, na Inglaterra. O valor corresponde a um terço do preço de um jogo de pneus do Veyron. O “brinquedo” mede cerca de 56 centímetros comprimento, o equivalente ao diâmetro dos pneus Michelin do carro real.

A miniatura é feita pela Amalgam Fine Model Cars, uma empresa britânica inaugurada em 1985 por quatro artesãos especializados em modelagem em escala.

Entusiasta podem ver a miniatura como um investimento, pois assim como os carros exclusivos, um modelo em escala de tiragem limitada também pode valorizar com o passar do tempo. Há ainda uma opção mais em conta, na escala 1:12, sendo vendida por US$ 1.636 (R$ 5.290), mas sem tanta perfeição nos detalhes. Tal qual o carro original, 30% das pré-encomendas da miniatura são para os Estados Unidos.

Fotos: Divulgação