Uma discussão que sempre acontece nas redes sociais é a respeito dos muscle cars americanos. Os fãs defendem os seus preferidos com unhas e dentes. Agora, um dado de mercado dos EUA irá dar mais argumentos para um dos lados.

O Ford Mustang está liderando o mercado com folga. Até o momento, foram 72.530 unidades vendidas do modelo da Ford. Já o Chevrolet Camaro foi emplacado 42.354 vezes. Por fim, o Dodge Challenger foi comercializado em 39.998 oportunidades. No entanto, um dado interessante pode acirrar a disputa. Desde o dia primeiro de agosto, a Chevrolet passou a vender 129 unidades do Camaro por dia, enquanto a Ford vende apenas 72 unidades.

O novo Chevrolet Camaro conta com seis combinações possíveis de motor e câmbio: 2.0 turbo de 278 cv, 3.6 V6 de 339 cv e 6.2 V8 de 461 cv, sendo que há a possibilidade de escolher entre a transmissão manual de seis marchas ou a automática de seis velocidades. Além disso, há a apimentada ZL1, que conta com um bloco de 6.2 litros V8 sobrealimentado com compressor mecânico, que gera 648 cv (60 cv a menos que o antecessor) e massivos 88,4 kgfm de torque.

Já o Ford Mustang, pode ser equipado com os motores V6 de 3.7 litros e 304 cv, EcooBoost 2.3 de quatro cilindros, com turbo e injeção direta, que rende 310 cv e, claro, o tradicional V8 de 5.0 litros e 441 cv. Por fim, o Shelby GT350, versão ainda mais nervosa da nova geração do Mustang. Equipado com o motor V8 de 5.2 litros e câmbio manual de seis marchas, o pony-car promete entregar mais de 500 cv de potência e 55 kgfm de torque, segundo a fabricante.

Por fim, o Dodge Challenger pode ser equipado com um bloco 3.6 de 309 cv, com o clássico V8 produz 476 cv na versão R/T, porém, a variante ScatPac tem o mesmo bloco, mas conta com 491 cv. Porém, o grande destaque é o Challenger SRT Hellcat, equipado com o motor V8 mais potente da história da Dodge. São 717 cv de potência e 89,8 kgfm de torque.

Fotos: Divulgação