No final do anos 1990 e começo dos 2000, as fabricantes de automóveis buscaram inspiração no passado para criar o desenho de seus carros. Essa onda retrô deu vida a uma série de releituras cujas linhas remetiam a carros de décadas passadas. Alguns fizeram sucesso e até continuam sendo fabricados atualmente, porém, outros não agradaram tanto e logo saíram de cena. Confira abaixo 20 exemplos de carros modernos inspirados em modelos do passado:

1 – Chrysler PT Cruiser

O modelo que popularizou a tendência retrô nos carros tinha estilo que remetia a carros dos anos 1930. O PT Cruiser teve mais de 1,3 milhão de unidades vendidas mundialmente em dez anos de produção.

2 – Chevrolet HHR

O crossover foi a resposta da GM ao PT Cruiser, porém, não teve o mesmo êxito do rival da Chrysler. O visual foi inspirado no utilitário Suburban 1949.

3 – Chevrolet SSR

Outro modelo do início da era retrô da GM, a exótica picape tinha desenho inspirado em modelos dos anos 1950. A SSR era “diferentona” por conta do teto retrátil que ficava alojado na caçamba e, principalmente, pelo motorzão V8 de mais de 400 cv herdado do Corvette.

4 – Plymouth Prowler

Em 1997, a Chrysler apresentou um roadster com proposta de hot rod moderno, equipado com um motor V6 de “apenas” 215 cv. Dois anos depois, o Prowler teve a potência elevada para 250 cv, porém, insuficientes para embalar as suas vendas.

5 – Ford Mustang

O modelo mais famoso da Ford é vendido desde 1964, porém, foi bastante descaracterizado nos anos 1980 e 1990 por conta de modificações feitas para diminuir o consumo de combustível durante a crise do petróleo na década de 1970 e para atender às novas normas de emissões dos Estados Unidos. À medida que perdia potência e esportividade, o Mustang se distanciava do estilo que o consagrou. Em 2005, a Ford apresentou a quinta geração com desenho inspirado nos carros da década de 1960.

6 – Fiat 500

O atual 500 foi apresentado em 2007, exatamente 50 anos depois do lançamento do clássico subcompacto que vendeu mais de 3,8 milhões de unidades entre 1957 e 1975. O visual carismático inspirado no modelo antigo é um dos principais motivos de compra do pequeno Fiat.

7 – Chevrolet Camaro

Um dos esportivos mais emblemáticos da Chevrolet foi apresentado em 1966 como modelo 1967, mas teve o seu visual bastante modificado com o passar do tempo. Somente na quinta geração, lançada em 2009, o Camaro recuperou a harmonia das linhas da primeira geração.

8 – Mini Cooper

O carrinho criado por Sir Alec Issigonis no final da década de 1950 inspirou um compacto de visual descolado e comportamento arisco nas versões esportivas. A primeira releitura foi lançada pela Mini no começo dos anos 2000 já sob a tutela da BMW.

9 – Chrysler 300C

O imponente sedã surgiu na forma de conceito no Salão de Nova Iorque de 2001 e foi lançado dois anos depois, utilizando a plataforma do Mercedes-Benz Classe E W211 como base. O seu desenho foi inspirado em um modelo produzido pela Chrysler entre 1955 e 1965.

10 – Dodge Challenger

A exemplo do Camaro e do Mustang, a atual geração do Challenger também é inspirada em um modelo do começo dos anos 1970. Recentemente, o muscle car ganhou uma versão equipada com um poderoso motor V8 Supercharged de 717 cv de potência.

11 – Mitsuoka Galue 204

A marca japonesa é conhecida por fazer versões retrô de modelos conhecidos. A primeira geração do Galue foi baseada nos sedãs Crew, Cedric, Gloria e Fuga da Nissan – teve até uma variante conversível com motor V8 feita a partir do Ford Mustang 2007. Já a segunda geração, fabricada entre 2008 e 2014 era baseada na penúltima geração do Toyota Corolla.

12 – Volkswagen Beetle/Fusca

Um dos carros mais populares de todos os tempos deixou de ser produzido em 2003 no México, mas inspirou duas releituras modernas. A primeira, chamada de New Beetle, foi fabricada entre 1997 e 2011. O segundo modelo foi batizado com o mesmo nome do Fusca nos países onde fora vendido. Maior e mais moderno, o novo Fusca remete à esportividade com o bloco 2.0 TSI de 211 cv, diferentemente do clássico e o seu modesto motor traseiro refrigerado a ar.

13 – Nissan Figaro

O pequeno conversível foi lançado em 1991 exclusivamente para o mercado japonês, mas o seu visual de carro dos anos 1960 chamou a atenção de clientes ocidentais. A falecida cantora inglesa Amy Winehouse chegou a comprar uma das 20 mil unidades produzidas, mas a dirigiu pouquíssimas vezes pelas ruas de Londres. O Figaro era equipado com um motor 1.0 de 76 cv e câmbio automático de apenas três marchas.

14 – Ford Thunderbird

O Thunderbird nasceu em 1955, mas sofreu diversas mudanças e foi perdendo a sua identidade ao longo das nove gerações seguintes. Em 2002, a Ford apresentou uma releitura moderna de um dos seus modelos mais emblemáticos. Produzida até 2005, a décima primeira geração do Thunderbird trazia os principais elementos estéticos do carro lançado 50 anos antes.

15 – Jeep Wrangler

O Wrangler tem praticamente a mesma cara desde meados da década de 1980, mas isso não é por acaso. Embora esteja em sua terceira geração, ele remete ao Willys CJ (Civilian Jeep), a configuração civil do valente jipe criado nos anos 1940 para servir as tropas norte-americanas na Segunda Guerra Mundial. A grade frontal dividida por sete fendas e os faróis redondos são as principais características visuais do robusto utilitário.

16 – Mercedes-Benz SLS AMG

A Mercedes-Benz precisava de um sucessor a altura do SLR Mc Laren e, para isso, buscou inspiração em um dos mais belos esportivos já feitos, o 300 SL. Assim como o modelo clássico, o SLS chamava a atenção pelas portas de abertura vertical, popularmente chamadas de “asa de gaivota”. O superesportivo foi substituído em 2014 pelo também belo AMG GT.

17 – Jaguar F-Type

O atual superesportivo da marca britânica teve as suas linhas inspiradas no icônico E-Type, produzido entre 1961 e 1974. Assim como o antecessor, o F-Type é considerado um dos modelos que melhor combinam beleza e esportividade.

18 – BMW Z8

O Z8 foi a versão de produção do conceito Z07, apresentado em 1997 para homenagear os 50 anos do modelo 507. O roadster foi fabricado entre 1999 e 2003 e teve o seu projeto coordenado pelos designers Chris Bangle e Henrik Fisker (criador do esportivo elétrico Fisker Karma). O Z8 pode ser considerado um esportivo puro por conta do conjunto mecânico emprestado do sedã M5. O motor V8 de 400 cv levava o pequeno conversível aos 100 km/h em 4.2 segundos. O câmbio manual de seis marchas era o único disponível.

19 – Mitsuoka Viewt

Outro modelo da empresa japonesa, o Viewt nada mais é que um Nissan March com visual inspirado no Jaguar Mk2 dos anos 1960.

20 – Porsche 911

O modelo mais icônico da marca alemã não chega a ser uma releitura da primeira geração, lançada há mais de 50 anos, por conta das evoluções técnicas introduzidas com o passar dos anos. No entanto, o 911 mantém algumas características de estilo, como os faróis redondos, o painel com instrumentos analógicos, os para-lamas traseiros alargados e, claro, o motor boxer instalado na traseira.

Fotos: Divulgação