Um dos assuntos mais comentados na última semana no Brasil foi o lançamento do jogo Pokémon Go, disponibilizado nas lojas brasileiras de aplicativo da Apple e do Google. Baseado em realidade aumentada, o jogo faz com que o usuário do aplicativo tenha que caçar os monstrinhos em locais públicos usando a câmera e o GPS do celular.

E o grande problema disso tudo é quando alguém tenta jogar e dirigir ao mesmo tempo. Nós já vimos aqui no Carsale que o jogo está causando acidentes de trânsito em todo o mundo. Por isso, aqui no País o Detran (Departamento Nacional de Trânsito) já lançou algumas campanhas para alertar os usuários do game. Veja alguns exemplos abaixo.

Segundo dados do Detran divulgados em maio de 2016, o uso de celulares pode aumentar em até 400% os riscos de acidentes com pedestre ou motoristas no trânsito.De acordo com a reportagem de UOL Carros, ainda não existem estatísticas para o Brasil, mas a imprensa dos Estados Unidos aponta que 58% dos jogadores têm de 18 a 24 anos, enquanto outros 38% têm de 25 a 30 anos. Isso quer dizer que a maior parte dos jogadores pode ser um potencial motorista.

Porém, há quem saiba fazer uma mistura equilibrada entre carros e os Pokémons. Prova disso é o norte-americano que criou um taxi para transporte de jogadores de Pokémon Go. Também há o vídeo do irreverente youtube russo que foi até o famoso no autódromo de Nürburgring, na Alemanha, e alugou um carro para poder ficar no carona caçando Pokemóns no circuito.

E como a “febre” Pokemon Go não para de crescer, osite britânico CarWow, que alega enfrentar problema de produtividade com o jogo, também entrou na onda e imaginou como seria se os monstrinhos do desenho fossem carros. Confira na galeria abaixo:

Fotos: divulgação /carwow