O primeiro Suzuki Vitara fez sua estréia em 1988 como um pioneiro no segmento de utilitário esportivo. Desde então, foram mais de 2,9 milhões de unidades vendidas em 193 países. O novo Vitara já é comercializado em 116 países em todo o mundo, com mais de 135.000 unidades vendidas. E agora a nova geração, apresentada em 2014, está a caminho do Brasil. No entanto, a marca não revelou a data do lançamento.

O sucesso, de acordo com a marca, é graças ao seu design de aparência forte, de alta tecnologia e eficiência de combustível que atendem uma ampla gama de clientes. “Com o Vitara, visamos criar não só um SUV com excelente desempenho de condução, mas também um veículo que permite aos usuários expressarem livremente a sua individualidade. Estas características foram muito apreciadas em todos os mercados onde foi lançado e temos certeza que este reconhecimento não será diferente no Brasil. Com este modelo, nós estamos esperamos aumentar a participação da Suzuki no Brasil, que consideramos um mercado importante. Disse Kinji Saito, Superintendente Executivo.

Em todo o mundo, o Vitara recebeu uma abundância de prêmios, como o “Carro do Ano” no Reino Unido e “SUV do Ano” em Espanha. O novo Vitara vai continuar esta história de sucesso como um veículo com bom ​​desempenho em estrada e genuína capacidade off-road. Além do Vitara, a Suzuki oferece no país o S-Cross, Grand Vitara, Swift Sport e Jimny.

Na Europa, o carro é vendido com três opções de motorização: 1.6 a gasolina (120 cv e 15,9 mkgf), 1.6 a diesel (os mesmos 120 cv, mas com 32,6 mkgf) e 1.4 a gasolina turbo (140 cv e 22,4 mkgf), este último exclusivo da versão top de linha S. Há opção de tração dianteira ou integral, com câmbio manual ou automático.