A Nissan confirmou recentemente que venderá o superesportivo GT-R no Brasil (as unidades que rodam no país foram importadas de maneira independente), mas não revelou detalhes dessa operação. Segundo informações apuradas pelo jornalista Rodrigo Ribeiro, da revista Carro, o modelo será comercializado nos próximos meses em uma loja exclusiva em São Paulo.

A revenda dedicada ao supercarro japonês ficará situada na Avenida Europa, na zona sul da capital paulista, em uma região famosa por concentrar importadoras e concessionárias de marcas de luxo, como Aston Martin, Audi, Bentley, BMW, Ferrari, Lamborghini, Lexus, Maserati, Mercedes-Benz, Rolls-Royce, entre outras.

De acordo a reportagem da Carro, a Nissan não trabalhará com pronta entrega, pois oferecerá um serviço de personalização do superesportivo, seguindo as escolhas (acessórios, cores, materias de acabamento) dos clientes. O tempo de entrega de cada carro poderá variar de três a quatro meses. O preço do GT-R ainda não foi revelado, mas é estimado em cerca de R$ 700 mil. A versão mais esportiva Nismo não será oferecida.

Além de trabalhar em um pós-venda diferenciado aos clientes do superesportivo, a Nissan também pretende oferecer serviços de manutenção aos donos dos GT-R importados de maneira independente, embora esses carros não sejam cobertos pela garantia da marca.

O GT-R 2017 será exibido ao público brasileiro em um showroom da Nissan no Parque Olímpico do Rio de Janeiro – a empresa é a patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016. O modelo será uma das atrações da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, mas já poderá ser encomendado em setembro.

O Nissan GT-R 2017 recebeu discretos retoques visuais e no interior, mas manteve o poderoso motor V6 biturbo de 570 cv e o sistema de tração integral. O modelo é capaz de chegar aos 100 km/h em 2.6 segundos e atingir a velocidade máxima de 313 km/h.

Fotos: Divulgação