A Renault lançou no último domingo (24), na França, a nova geração do Koleos. Revelado no final de abril durante o Salão de Pequim, na China, o SUV será apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, e começará a ser vendido no Brasil entre o final deste ano e o começo de 2017 para concorrer na faixa de preços acima de R$ 100 mil. Segundo a revista Carro, os principais rivais do Koleos no mercado nacional serão o Hyundai ix35, Honda CR-V, Kia Sportage, Toyota RAV4, entre outros.

Fabricado na Coreia do Sul, o SUV adota a nova identidade visual da Renault na Europa, marcada pela grade frontal, que ocupa praticamente toda a dianteira, e luzes diurnas de LED em formato de L abaixo dos faróis. O interior segue um padrão mais sóbrio.

O Koleos compartilha a plataforma CMF-C/D com os Renault Espace, Talisman e Kadjar e os Nissan X-Trail e Qashqai. O SUV mede 4,67 metros de comprimento, 2,70 m de distância entre-eixos, 1,67 m de altura e 1,84 m de largura. O porta-malas tem capacidade para 600 litros de bagagem.

No mercado europeu ele será oferecido com quatro opções de motor de quatro cilindros com injeção direta, sendo dois movidos a gasolina (2.0 de 145 cv e 20 kgfm e 2.5 de 170 cv 23,5 kgfm) e duas variantes turbodiesel (1.6 de 130 cv e 2.0 de 175 cv). As transmissões manual de seis marchas e CVT (continuamente variável) estarão disponíveis para essas motorizações.

O propulsor 2.5 a gasolina com câmbio CVT é a configuração mais provável para ser vendida no Brasil.

O modelo será comercializado em versões de tração dianteira ou com sistema integral sob demanda. O recurso poderá funcionar no modo 2WD (apenas tração dianteira), 4WD Auto (distribui até 50% da força do motor às rodas traseiras, se necessário) e 4WD Lock (bloqueia o diferencial e traciona as quatro rodas igualmente a até 40 km/h).

O pacote de equipamentos do carro a ser vendido no Brasil ainda não foi revelado, mas na Europa o Koleos terá seis airbags, controle de estabilidade, alerta de mudança involuntária de faixa, sensor de ponto cego, detector de fadiga, farol alto automático, central multimídia com câmera de ré, sistemas de estacionamento e frenagem autônomos e sensores dianteiros e traseiros, teto solar, entre outros.

Fotos: Divulgação