A Land Rover desmentiu os rumores divulgados nos últimos dias que confirmavam o relançamento do icônico Defender, descontinuado em janeiro deste ano após 68 anos de produção. De acordo com os boatos, o bilionário do ramo químico Jim Ratcliffe estaria conversando com executivos da marca inglesa para adquirir os diretos de propriedade intelectual e o ferramental da linha de produção do utilitário.

Segundo o site da revista Autocar, um porta-voz da Jaguar Land Rover disse que “não existe a possibilidade de isso acontecer. E não deixaremos ninguém produzir o nosso Defender”. A empresa disse ainda que não há planos de retomar a fabricação do clássico jipe.

Modelo mais emblemático da história da Land Rover, o Defender será substituído por um novo utilitário esportivo em 2019. O modelo será quase todo construído em alumínio com o intuito de reduzir o peso e, consequentemente, obter melhores números em termos de eficiência. Além disso, o novo SUV terá diferentes variantes de carroceria e, pelo menos, duas medidas de distância entre-eixos.

Foto: Divulgação