Um levantamento feito pela ComparaOnline – empresa de tecnologia especializada na venda online de seguros e produtos financeiros – apontou um aumento nas apólices de veículos utilizados em serviços de transporte urbano, como Uber, BlaBlaCar e Cabify. Um dos modelos preferidos pelos usuários, o Toyota Corolla, teve um acréscimo de 50% no valor de seu seguro. A variação média do prêmio passou de R$ 4.359,45 (como veículo de passeio) para R$ 6.574,70 (veículo de trabalho).

Segundo a ComparaOnline, a média do aumento do seguro dos carros convertidos em Uber ou demais serviços de transporte foi de 28%. Outro modelo que registrou uma grande variação foi o Nissan Sentra, com um aumento de 46% – de R$ 4.344,95 para R$ 6.371,31.

A empresa diz que tem observado em sua rede de usuários o aumento pela procura da alteração do seguro de pessoas que estão ingressando em serviços como o Uber, além de motoristas que estão comprando um veículo para trabalhar nesse serviço de transporte.

“Com o avanço da tecnologia dos smartphones, começaram a surgir uma variedade de aplicativos de serviços de transporte e carona que auxiliam os usuários a terem mais opções de deslocamento. Esses profissionais precisam contratar um seguro capaz de proteger o passageiro em caso de acidente, mas que muitas vezes ocasionam em uma apólice mais cara e semelhante ao dos táxis convencionais”, explica Gutemberg Fragoso CMO da ComparaOnline.

A simulação comparou os seis modelos mais utilizados em Uber X ou Uber Black, de acordo com o banco de dados da ComparaOnline. “Normalmente, o valor do prêmio varia conforme o perfil do motorista, que vai desde o endereço de sua residência, histórico de acidentes até as características do próprio veículo. Quando pensamos no condutor que usa o seu carro para trabalhar, são considerados os riscos cotidianos e a sua própria segurança e de seu passageiro”, diz Fragoso.

Veja na tabela abaixo a simulação com os seis modelos mais cotados para serem utilizados no Uber: