Após criar muita expectativa, a Nissan revelou a versão mais nervosa do superesportivo GT-R. E o local para a apresentação do modelo não poderia ser mais apropriado: o lendário autódromo de Nürburgring, na Alemanha, utilizado pela marca japonesa para o desenvolvimento do carro.

Assim como a versão convencional, o GT-R NISMO traz a reestilização apresentada recentemente na linha 2017, que atualizou o visual da dianteira com um para-choque redesenhado e feito em fibra de carbono, grade frontal cromada em formato de “V” e um novo capô que, segundo a Nissan, é reforçado para evitar a deformação provocada pela resistência do ar a altas velocidades.

Sob o capô, o GT-R NISMO leva o mesmo motor de 3.8 litros V6 biturbo, otimizado para gerar 600 cv de potência (30 cv a mais que a versão convencional) graças à utilização de turbocompressores maiores, idênticos aos utilizados no carro que compete na GT3.

De acordo com os dados de fábrica, o GT-R NISMO acelera de 0 a 100 km/h em 2.8 segundos. A velocidade máxima não foi divulgada, mas o superesportivo deve superar os 300 km/h com facilidade.

Além do painel redesenhado do GT-R 2017, o GT-R NISMO sai de fábrica com volante revestido de Alcantara (camurça sintética) e bancos esportivos da marca Recaro.

O Nissan GT-R NISMO é fabricado em Toshigi, no Japão, mas o seu motor é produzido à mão em Yokohama. O modelo estará disponível em cinco opções de cores.

Fotos: Divulgação