Um Porsche 911 Carrera 4s foi visto em chamas na França. De acordo com informações da imprensa local, o incidente aconteceu em Nantes. Durante um protesto, suspeita-se que um manifestante atirou um coquetel molotov dentro do veículo. Sendo assim, o Porsche se incendiou apenas por estar no lugar errado e na hora errada, para nossa tristeza.

A França vive há cerca de dois meses uma onda de protestos com cerca de 170 mil participantes, todas as manifestações foram lideradas por jovens trabalhadores e estudantes. No entanto, as consequenciais desses protestos vão além da queima de um esportivo, três policias sofreram graves ferimentos em Paris.

Ao todo, mais 100 pessoas foram presas nos protestos da última quinta-feira (28) em toda a França. As detenções aconteceram depois que manifestantes mascarados atiraram garrafas, detritos e tinta contra a polícia. O motim tem relação com uma controversa proposta apresentada ao parlamento pelo deputado socialistas Christophe Sirugue.

Segundo o projeto, a lei facilitaria a dispensa dos trabalhadores. Além disso, as empresas francesas poderiam diminuir o quadro de empregados em suas sedes mesmo quando encontrar dificuldades fora do país. Ainda de acordo com o noticiário local, os manifestantes planejam aumentar a pressão com uma nova manifestação marca para domingo, quando acontece o feriado do dia do trabalho.