A Ford anunciou nessa semana uma nova geração de motores diesel mais eficientes na Europa. Chamado EcoBlue, esse motor vai estrear na linha de vans Transit. Com potência de 100 a 240 cv, vai equipar também futuros carros e veículos comerciais da marca.

O motor Ford EcoBlue 2.0 de quatro cilindros oferece torque 20% maior na faixa de 1.250 rpm comparado ao motor diesel 2.2 TDCi atual, melhorando a dirigibilidade no dia a dia, seja no trânsito ou em ultrapassagens. E também é 4 decibéis mais silencioso em marcha lenta.

A nova arquitetura do motor reduz o atrito e produz uma queima de combustível mais limpa. Ele também usa processos sofisticados de pós-tratamento dos gases de exaustão e tem emissões ultrabaixas, dentro do padrão Euro 6 que será introduzido na Europa em setembro de 2016. Comparado ao padrão Euro 5, ele reduz em 55% as emissões de NOx.

Entre as tecnologias, o novo bloco inclui o primeiro sistema de alimentação com porta espelhada da Ford para otimizar a entrada de ar no motor; um turbo de baixa inércia feito com materiais de motor de foguete para suportar alta temperatura; e um novo sistema de injeção de combustível de alta pressão, que segundo a Ford é mais eficiente, silencioso e preciso.

O Ford EcoBlue 2.0 será o primeiro motor a diesel para veículos comerciais da Ford a atingir níveis de ruídos, vibrações e asperezas semelhantes aos de veículos de passageiros, melhorando a experiência de direção. Ele reduz à metade o ruído em marcha lenta comparado ao motor 2.2 TDCi diesel. O bloco, cabeçote, cárter e periféricos foram desenvolvidos para reduzir e abafar os ruídos internos do motor.

Desenvolvido pela engenharia da Ford no Reino Unido e na Alemanha, o motor EcoBlue será oferecido inicialmente nas versões de 105, 130 e 170 cv para veículos comerciais. Depois, vai equipar carros de passeio da Ford e terá novas versões, incluindo uma de 1.5 litro.