No início dos anos 1970, o mundo vivia a euforia do combustível fácil graças aos preços baixos e consumo em alta. Com esse cenário, as três grandes montadoras norte-americanas (General Motors, Ford e Chrysler) decidiram investir pesado no mercado brasileiro com o lançamento de modelos sofisticados para a época, com apelo esportivo, e que são considerados verdadeiras lendas atualmente: Chevrolet Opala, Dodge Charger R/T e Ford Maverick.

O Opala chegou ao mercado em 1969, equipado com motores de quatro e seis cilindros, câmbio manual e tração traseira. Somente no ano seguinte o modelo ganhava a versão SS (sigla de Super Sport), inspirada nos esportivos da Chevrolet dos Estados Unidos, mas essa configuração ficou mais conhecida nos cupês lançados a partir de 1972 e dotados do “seis em linha ” de 4.1 litros de 140 cv de potência e 29 kgfm de torque (números considerados expressivos para a época).

Considerado o principal rival do Opala, o Ford Maverick estreou no Brasil em 1973, três anos depois do seu lançamento nos Estados Unidos. Oferecido com motores de quatro e seis cilindros, o “Maveco” mais desejado até hoje é o GT equipado com o famoso motor V8 canadense de 302 polegadas cúbicas de aproximadamente 200 cv de potência.

Já o Dodge Charger R/T (Road and Track) lançado em 1971 era, na verdade, um Dart com visual inspirado no emblemático Charger norte-americano. Ainda assim, a aparência intimidadora do “Dojão” o transformou em um dos carros mais desejados do Brasil. O seu motor 318 V8 gerava 215 cv de potência.

Maravilhosos, porém, raros de encontrar, esses clássicos podem ser adquiridos na escala 1:64. A maior fabricante de miniaturas do mundo, a Hot Wheels, já fez isso há alguns anos. O Maverick foi o primeiro deles a ganhar uma versão reduzida, em 2010. O Opala miniaturizado veio dois anos depois batizado apenas como “Chevrolet SS” em uma reprodução do modelo de 1973. Já o Charger brasileiro ganhou uma variante da Hot Wheels somente em 2014.

Para quem prefere semelhanças modelos semelhantes aos da escala real, as versões de lançamento são as mais indicadas devido a maior fidelidade dos detalhes. As edições customizadas do Clube Hot Wheels Brasil também são ótimas opções a quem gosta de miniaturas de lendas automotivas.

Doalcey Rocha, 38 anos, é engenheiro agrônomo, professor e apaixonado por carros, miniaturas e fotografia. Também é proprietário do blog Miniaturas de Carros em Foco, voltado ao fantástico mundo das “minis”.