A Mini anunciou, nesta sexta-feira (1º), que os modelos Cooper (hatch e conversível) e Paceman poderão ser equipados com portas do tipo tesoura, oferecidas como opcional por 1.959 euros (cerca de R$ 8 mil em conversão direta). Calma, felizmente, o comunicado divulgado pela empresa faz parte das pegadinhas do Dia da Mentira.

De acordo com as falsas informações da Mini, o sistema seria acionado por um mecanismo eletro-hidráulico que reduziria em quase 30% o espaço necessário para abrir as portas do carro.

Bastante utilizadas pelos adeptos do tuning no começo da década passada – gerando modelos de gosto bastante duvidoso -, as portas do tipo tesoura foram “popularizadas” pelo Lamborghini Countach, nas décadas de 1970 e 1980.

Fotos: Divulgação