Essa época do ano, como já indicava o poeta, é marcado por fortes chuvas, principalmente nas regiões Sul e Sudeste. Essas chuvas representam alguns perigos para os motoristas, como a baixa aderência dos pneus, a visibilidade e os alagamentos. Pensando nisso, a Ituran Seguros divulgou alguns cuidados para dirigir na chuva.

Dirigir em meio a uma chuva forte é algo que pode assustar até os motoristas mais experientes, mas é nessas horas que deve-se tentar manter a calma e seguir algumas regras básicas. Segundo especialistas, a atenção e concentração nesses dias são essenciais para antecipar situações perigosas e manter a segurança em dias de condições adversas.

Nono Figueiredo, piloto do Campeonato Brasileiro de Marcas, explica que em dias de chuva é necessário diminuir a velocidade e ter certeza que todos os itens de segurança estão funcionando corretamente.

“Se o motorista perde o controle do carro, significa que virou um passageiro e isso pode ser muito perigoso, assim devemos nos precaver para que isso não ocorra. Em primeiro lugar, o motorista deve dirigir bem abaixo da velocidade permitida e ter certeza que seu carro, pneus, freios, limpadores, estejam em perfeitas condições de uso. Muitas vezes, só percebemos que eles não estão funcionando quando enfrentamos uma chuva, por isso uma manutenção preventiva nesses itens é fundamental”, explica.

O piloto alerta também sobre as curvas em dias de chuva. “Ao fazer uma curva nessas condições é importante reduzir a velocidade antes da curva, nunca no meio ou durante ela. Além disso, é importante aumentar seu campo de visão, isso significa conseguir enxergar um pouco mais a frente sem perder, obviamente, a atenção do que está logo a sua frente. Tudo isso para antecipar possíveis situações de perigo que possam causar a perda de controle do carro. ”

Outro grande perigo em dias de chuva são os alagamentos. Passar por trechos alagados é arriscado, por isso o ideal é evitar rotas que apresentem problemas recorrentes de enchente. Durante ou após as chuvas, é importante buscar informações em aplicativos, internet ou pelo rádio para escolher o caminho que evite áreas de risco.