O Peugeot 2008 finalmente está chegando ao mercado argentino. Lançado no Brasil há quase um ano, o modelo passará por reestilização na Europa, onde estreou em 2013.

Porém, a notícia nada agradável para os vizinhos é o preço, uma vez que por lá o valor da versão de entrada é quase o mesmo da nossa versão topo de linha. Equipado com motor 1.6 aspirado, o 2008 parte de 316.500 pesos ou R$ 78.508 em conversão simples, enquanto a mesma configuração no Brasil parte de R$ 68.590. A variante turbo (THP), batizada por lá de Sport, custa 417 mil pesos ou cerca de R$ 103 mil, uma diferença de R$ 22.110 perante o valor brasileiro de R$ 80.990.

Porém, essa não é uma característica exclusiva do 2008. O Ford EcoSport 1.6 SE custa R$ 78.070 na Argentina contra R$ 67.000 no Brasil. O Renault Duster 1.6 Expression pode ser comprado por R$ 80.660 lá e R$ 65.500 aqui. Jeep Renegade e Honda HR-V cobram acima dos R$ 100 mil em solo argentino.

Dependendo da versão, o 2008 pode ser equipado com o motor de 1.6 litro de 16 válvulas com 115 cv de potência ou o 1.6 16V THP de 165 cv, sempre abastecidos com gasolina na Argentina. Para o primeiro propulsor estão disponíveis as transmissões manual de cinco velocidades e automática de quatro marchas, enquanto que para a motorização turbo apenas a caixa manual de seis velocidades.

No momento, a marca francesa trabalha em regime de pré-venda limitada a 1.200 unidades. As primeiras entregas devem acontecer no dia 1º de abril. A previsão é que no próximo mês sejam exportadas 1.500 unidades do Brasil para a Argentina.

Foto: Divulgação