Todos os anos, no mês de março, o Salão de Genebra (Suíça) é escolhido pelas fabricantes de automóveis do mundo todo para a estreia de modelos superesportivos. A edição deste ano deixou os visitantes impressionados com a revelação do Bugatti Chiron, substituto do icônico Veyron, com os seus ferozes 1.521 cv de potência. Mas basta continuar andando pelos corredores da mostra suíça para encontrar algo ainda mais chocante: a supermáquina híbrida Arash AF10, com incríveis 2108 cv.

A fabricante britânica Arash explica que toda essa potência do Arash é proveniente de cinco fontes: um propulsor V8 6.2 litros com 912 cv, além de 1.196 cv divididos igualmente entre quatro motores elétricos. O motor a combustão está acoplado a um câmbio manual ou automático de seis marchas.

O resultado dessa combinação de tecnologias é que o Arash é capaz de acelerar de zero até 100 km/h em 2,8 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 323 km/h.

A fabricante britânica anunciou que a versão AF10 Hybrid tem preço sugerido de 1,1 milhão de libras esterlinas, o equivalente a R$ 6 milhões em uma conversão direta. Já a configuração AF10 Hybrid Racer parte de 1,2 milhão de libras esterlinas, cerca de R$ 6,5 milhões.

Fotos: Newspress