Os licenciamentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus no mês de janeiro ficaram 38,8% abaixo do registrado no mesmo período de 2015, segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Foram emplacadas em janeiro 155,3 mil autoveículos contra 253,8 mil no primeiro mês do ano passado. Comparando com dezembro, quando foram licenciados 227,8 mil unidades a queda foi de 31,8%.

O presidente da Anfavea, Luiz Moan Yabiku Junior faz questão de frisar que no início de janeiro do ano passado, as alíquotas do IPI retornaram de forma integral. “Os estoques no começo do ano continham ainda muitos veículos com a taxa antiga, o que impulsionou as vendas naquele período. E justamente por isso, já havia adiantado que o primeiro mês de 2016 apresentaria esta queda nos licenciamentos”, explica.

Levando em consideração os números da produção, o volume ficou 29,3% menor – foram 145,1 mil unidades em janeiro deste ano e 205,3 mil em janeiro de 2015. Em comparação a dezembro do ano passado, quando foram produzidos 142,8 mil veículos, houve alta de 1,6%.

Por outro lado, as exportações encerraram o mês com alta de 37,1%, ao se comparar as 22,3 mil unidades de janeiro de 2016 com as 16,3 mil de igual período do ano passado, e de redução de 51,7% ante as 46,2 mil unidades que deixaram o Brasil no último mês do ano passado.