Elon Musk, CEO da Tesla Motors, cancelou a encomenda de um futuro cliente da fabricante de carros elétricos após esse tê-lo insultado pela internet. Escrito por Stewart Alsop, o post intitulado “Caro @ElonMusk: você deveria se envergonhar” reclamava do atraso do início da apresentação do crossover Model X – que teria sido excessivamente focada em segurança. Alsop se queixou também de não ter feito um teste-drive no carro mesmo após pagar US$ 5 mil de sinal.

“Seria interessante se você (Musk) demonstrasse alguma classe e se descupasse com as pessoas que acreditam no seu produto”, acrescentou o ex-cliente. Pouco depois, Alsop publicou um novo post intitulado “Banido pela Tesla”, relatando uma conversa telefônica com o próprio Elon Musk: “soube que você não gostou do fato de eu ter um carro da Tesla e cancelou o meu pedido de um Model X. Devo admitir que fiquei surpreso por ter sido banido pela empresa. Quando escrevi um post reclamando do meu BMW X1, o CEO da BMW não pediu o meu carro de volta”, reclamou Alsop.

Embora o episódio tenha repercutido na imprensa, Musk se manifestou no Twitter dizendo que “deve ser um dia sem muitas notícias quando um acontecimento como negar serviço a um cliente mal educado chama tanta atenção”.