Em entrevista à imprensa alemã, o presidente-executivo da Porsche, Oliver Blume, descartou qualquer possibilidade da fabricante estar interessada em tecnologias de condução autônoma.

A informação foi vista com surpresa, uma vez que as outras três marcas premium alemãs (BMW, Audi e Mercedes-Benz) estão trabalhando em projetos dotados de tecnologia autônoma de condução. “Quem tem um Porsche, quer dirigi-lo”, afirmou Blume.

Enquanto insiste em dizer que não vai lançar um veículo auto-dirigível, a Porsche também está correndo para reduzir suas emissões de poluentes na atmosfera. Todos os seus futuros modelos contarão com versões híbridas, inclusive o icônico 911. Além disso, em 2020 o Mission-E, modelo totalmente elétrico, chegará ao mercado.