O famoso DeLorean DMC-12 está de volta. E não apenas em um filme, o modelo será produzido novamente. Isso é possível graças a uma nova lei de fabricação de baixo volume aprovado pelo Governo Federal dos Estados Unidos da América.

Originalmente, o DMC-12 foi construído no início dos anos 1980, chegando a um volume total de apenas 9.000 unidades. Algumas características ajudar o modelo a ser sucesso. O primeiro deles foi que Giorgetto Giugiaro, responsável pela criação, projetou um carro com portas do tipo asa de gaivota, com um motor montado na parte traseira e um corpo de aço inoxidável sem pintura. Isso aliado à publicidade adquirida com a trilogia “De Volta Para o Futuro”, tornaram o modelo um hit instântaneo.

Porém, os atributos mecânicos não ajudaram muito John DeLorean e sua empresa, sendo assim, a produção foi interrompida no início de 1983. Porém, graças a uma comunidade fãs extremamente ativos e o sucesso dos filmes, o DMC-12 tornou-se um símbolo da cultura pop. Apostando nisso, o empresário britânico Stephen Wynne criou uma nova empresa em 1995. Batizada de de “DeLorean Motor Company”, a empresa se instalou em Humble, Texas, para reformar e consertar as unidades existentes.

Porém, graças a uma nova lei de fabricação de baixo volume, Wynne pode voltar a construir o DMC-12 como ele era em 1982. Em entrevista à imprensa local, o empresário se mostrou empolgado, uma vez que tem estoque suficiente para construir cerca de 300 DeLorean. A aparência será mantida, porém, o motor e, possivelmente a transmissão, serão mudados. Esses itens determinarão o valor do veículo, mas o britânico acredita que ficará abaixo dos US$ 100 mil (R$ 400 mil).

De qualquer maneira, aqueles que preferirem, podem comprar exemplares recondicionados por aproximadamente US$ 50 mil (R$ 200 mil) no mercado de usados.