A preparadora japonesa Libert Walk ficou mundialmente famosa por suas preparações extravagantes, caracterizadas por veículos com paralamas alargados — os originais são literalmente cortados durante o processo de modificação.

Desta vez a empresa sediada em Nagoya, a 370 km de Tóquio, parece estar interessada levar essa irreverência para a McLaren. Isso porque é a segunda vez nesta semana que a preparadora divulga em sua conta no Instagram projeções de modelos da marca britânica com os seus bodykits.

Polêmica por cortar os paralamas até de carros que custam mais de R$ 1 milhão, como Ferrari e Lamborghini, a japonesa terá que se preparar para receber comentários de entusiastas da McLaren se realmente for seguir com essa ideia.

Dentre as criações mais recentes da Libery Walk estão um Maserati GranTurismo, um Lamborghini Huracáne até um Mini Cooper.

Fotos: Divulgação