A Ford iniciou a produção do novo Focus RS na fábrica de Saarlouis, na Alemanha. O modelo apresentado no Salão de Frankfurt, em setembro do ano passado, é um dos 12 esportivos que a marca pretende lançar globamente até 2020.

O Focus RS é equipado com o motor EcoBoost de quatro cilindros de 2.3 litros turbo, que desenvolve 350 cv de potência e leva o hatch da imobilidade aos 100 km/h em 4,7 segundos. O modelo marca a estreia do sistema de tração integral de controle dinâmico da Ford Performance (divisão esportiva da empresa) e é o primeiro RS a contar com modos de condução selecionáveis – incluindo o “Drift Mode”, que permite derrapagens controladas – e controle de largada.

Segundo a Ford, o Focus RS já foi configurado por 250 mil pessoas em seu site oficial e soma mais de 3.100 encomendas desde setembro. O hatch esportivo é uma das apostas da Ford para manter o crescimento no segmento de esportivos na Europa. A empresa espera vender 41 mil veículos desse segmento naquele continente em 2016.

O novo Mustang, que já tem mais de 13 mil encomendas, o New Fiesta ST e o Focus ST são os outros esportivos que a marca oferece no mercado europeu. No final do ano, essa gama será complementada com o novo GT.

“Este será um ano memorável para os esportivos da Ford, com nível de desempenho sem precedentes e tecnologias sofisticadas de motorização e chassi”, disse Joe Bakaj, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto da Ford Europa. “O Focus RS também será vendido nos Estados Unidos a partir do segundo trimestre”, completou o executivo.

Apesar dos planos otimistas para a Europa, a Ford não confirmou a intenção de vender qualquer um de seus esportivos no Brasil.

Fotos: Divulgação