De acordo com uma matéria publicada nesta segunda-feira (21) pelo site iCarros, a Ford está comunicando proprietários dos modelos Ka e Ka+ para levarem os seus carros à rede autorizada para a substituição de um fusível do ar-condicionado. Segundo a reportagem, nem todas as concessionárias consultadas na Grande São Paulo foram alertadas pela Ford, enquanto algumas lojas só tiveram conhecimento do problema quando os clientes chegaram aos pontos de serviço com a carta enviada pela fabricante em mãos.

O iCarros entrou em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da Ford, que negou a existência de um recall do Ka e do Ka+, justificando que trata-se de “um programa de satisfação ao cliente”, para substituir o fusível de 30 amperes por outro de 40 amperes. A troca do componente nas concessionárias da rede é gratuita. As cartas convocando os clientes serão enviadas até janeiro de 2016.

Em fóruns e sites dedicados ao novo Ford Ka, há relatos de proprietários do modelo questionando a ação da Ford. A carta divulgada pelo iCarros, fornecida por um cliente da marca que preferiu manter o anonimato, revela detalhes da campanha, porém, não informa a numeração de chassi dos carros envolvidos – diz apenas que são unidades fabricadas entre 22 de janeiro e 28 de abril de 2014.

Segundo a explicação da Fundação Procon-SP (órgão de defesa do consumidor vinculado à Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo), a ação da Ford não caracteriza um recall pelo fato de não colocar em risco a saúde e a integridade dos ocupantes dos veículos. No entanto, o Procon-SP ressalta que o Código de Defesa do Consumidor prevê punições às empresas que tratarem casos de recall apenas como uma campanha de substituição de componentes.

Transmissão PowerShift

Um dos principais motivos de reclamações dos clientes Ford é o câmbio automatizado de dupla embreagem PowerShift, que equipa os modelos EcoSport, New Fiesta e Focus na linha de veículos vendidos no Brasil. Vários internautas relatam em sites, fóruns e redes sociais que os seus carros apresentam problemas, como ruídos, trepidação e marchas “patinando”. Segundo um questionamento feito pelo iCarros, a Ford informou que esses casos não estão envolvidos no “programa de satisfação ao cliente” e que também não existe um recall para solucionar esses problemas por não se tratar de uma série de câmbios defeituosos. O SAC da Ford diz que as concessionárias da marca contam com uma atualização da programação da transmissão. Caso seja necessário, a troca do componente poderá ser feita gratuitamente se a garantia do veículo estiver vigente.

Fotos: Divulgação e iCarros (Reprodução)