Um levantamento feito pelo Procon-SP (órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo) aponta que houve um aumento de 188% nos recalls de carros em 2015 em comparação com o ano passado. Entre janeiro e novembro deste ano foram feitas 106 campanhas, atingindo um total de 2.783.979 automóveis. No mesmo período de 2014 foram 83 comunicados, totalizando 963.802 veículos.

Envolvidos em 20 campanhas com 1.363.718 veículos afetados, os airbags foram os itens que mais deram problemas. A Mercedes-Benz foi a fabricante que mais fez recalls desse componente em 2015: nove no total.

O segundo lugar ficou com a Volkswagen e seus oito comunicados, seguida por Jeep e Land Rover com seis campanhas cada uma.

De 2002 até novembro de 2015, foram registradas 927 recalls no Brasil. A Chevrolet é a marca que lidera os comunicados, com um total de 57 chamadas. Consulte o banco de dados de recall da Fundação Procon-SP aqui.