A Jaguar confirmou para fevereiro de 2016 a chegada da nova geração do sedã XF ao Brasil. O modelo estreia por aqui um ano após o seu lançamento no mercado europeu, em três versões de acabamento: Prestige (R$ 264.700), R-Sport (R$ 288.600) e S (R$ 381.100).

Com cerca de 75% de sua carroceria construída em alumínio, o novo XF mede 4,95 metros de comprimento (7 mm menor que o modelo anterior) e, graças ao ganho de 51 mm na distância entre-eixos (totalizando 2,96 m), agora oferece espaço interno mais amplo tanto para as pernas como para a cabeça dos ocupantes. Segundo a Jaguar, a estrutura do modelo é 28% mais rígida que a do antecessor.

As versões Prestige e R-Sport são equipadas com o motor de quatro cilindros de 2.0 litros turbo a gasolina, que desenvolve 240 cv de potência e garante aceleração de 0 a 100 km/h em sete segundos.

Já a configuração topo de gama S leva sob o capô o bloco V6 de 3.0 litros Supercharged de 380 cv (o mesmo do superesportivo F-Type). O sedã vai da imobilidade aos 100 km/h em 5,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente.

Todas as variantes são dotadas de transmissão automática de oito velocidades e tração traseira.

De série, o XF Prestige traz rodas de 18 polegadas, faróis bixenônio, teto solar panorâmico, interior revestido em couro, ar-condicionado de duas zonas, piloto automático, central multimídia com GPS e sistema de áudio Meridian, câmera de ré, assistente de estacionamento, entre outros.

O R-Sport sai de fábrica com visual de apelo esportivo, com para-choque dianteiro com desenho diferenciado, grade frontal em preto brilhante e acabamento interno exclusivo. Além dos itens da Prestige, há o acréscimo de bancos revestidos em couro de duas cores e suspensão com acerto esportivo.

Já a S terá acabamento interno com detalhes em fibra de carbono no painel, soleiras em metal com emblema “S”, pedaleiras esportivas, rodas de 19 polegadas, saias laterais com detalhes escurecidos, aerofólio traseiro na cor do carro e pinças de freio pintadas de vermelho. O destaque fica para as tecnologias como o head-up display (projeta imagens do painel de instrumentos no para-brisa), assistente de estacionamento 360º, monitor de ponto cego, detector de trânsito traseiro em ré, chave presencial e sistema de som Meridian com 11 alto-falantes e 380 Watts de potência.

Fotos: Divulgação