A Mitsubishi complementa a linha do crossover ASX com o lançamento da versão de apelo aventureiro Outdoor. O modelo aposta no visual diferenciado e na configuração mecânica exclusiva (câmbio manual e tração 4×4) para atrair clientes de utilitários esportivos urbanos, porém com alguma aptidão off-road. O ASX Outdoor chega às concessionárias em dezembro com preço sugerido de R$ 97.990.

Desenvolvido em parceria com a Mitsubishi do Japão, o ASX Outdoor conta com elementos estéticos inspirados na versão de rali ASX R. Para-choques, molduras das caixas de roda, protetores laterais, capas dos retrovisores, maçanetas das portas e as rodas de liga leve de 16 polegadas foram pintados na cor cinza grafite. Segundo a Mitsubishi, essa pintura é mais resistente a riscos ocasionados por pedriscos e respingos de lama comuns no fora-de-estrada.

A pintura na cor laranja é exclusiva da versão, mas as demais tonalidades do ASX também estão disponíveis

Além disso, o visual aventureiro do crossover é reforçado pelos faróis com máscara negra e lanternas escurecidas. O rack de teto em formato de arco (suporta cargas de até 40 quilos) também foi desenvolvido exclusivamente para a versão. Na traseira há dois ganchos com capacidade de reboque de até 1.500 kg.

Por dentro, os bancos ganharam um novo revestimento em tecido e detalhes na cor cinza grafite na parte superior do painel e no console central. O pacote de equipamentos de série é parecido com o da versão 4×2 manual. Há ar-condicionado automático, direção elétrica, volante com regulagens de altura e profundidade, piloto automático e airbags frontais. No entanto, o modelo adiciona itens da versão topo de linha, como central multimídia com leitor de CD e DVD, Bluetooth e entradas USB e auxiliar (a navegação GPS é oferecida como opcional), controles eletrônicos de estabilidade e tração e assistente de partida em rampas.

Já a mecânica do crossover foi aprimorada para suportar os obstáculos de trilhas leves. De acordo com a Mitsubishi, o sistema de suspensão foi recalibrado com o uso de novas molas e amortecedores de curso mais longo. Os pneus da versão são de uso misto (Pirelli ATR), adequados para pisos sem asfalto e de baixa aderência. “Apesar dessas mudanças, tivemos o cuidado de não comprometer o conforto do carro no uso no asfalto”, ressaltou Fernando Pereira, diretor de planejamento de produto da Mitsubishi.

A motorização é a mesma das demais versões: quatro cilindros de 2.0 litros, 16 valvulas e movida a gasolina. O propulsor, que rende 160 cv de potência a 6.000 rpm e 20,1 kgfm de torque a 4.200 rpm, funciona acoplado a uma caixa manual de cinco marchas e ao sistema de tração integral com acionamento eletrônico.

Embora seja derivado de um carro de vocação urbana, o ASX Outdoor honra a tradição da Mitsubishi e não faz feio na hora de encarar um off-road moderado. Obviamente que o crossover não tem a capacidade de enfrentar trilhas mais severas, mas a boa altura em relação ao solo (215 mm) e os ângulos de ataque (23 graus) e saída (35 graus) permitem transpor adversidades de terrenos acidentados.

Mesmo com as alterações na suspensão do crossover, é preciso cuidado ao passar por valetas e facões mais profundos para não raspar a parte inferior do para-choque dianteiro.

A combinação do câmbio manual com a tração integral formam o conjunto ideal para o motorista controlar o carro no uso fora do asfalto. A força do motor é transferida às rodas de acordo com o comando selecionado no botão no console central: no modo 2WD, ideal para o asfalto, a tração é exclusivamente dianteira; o 4×4 Auto envia a força ao eixo traseiro apenas quando o sistema detecta a perda de aderência; o 4×4 Lock traciona as quatro rodas em qualquer situação.

O motor 2.0 a gasolina (a Mitsubishi diz que está estudando a possibilidade de adotar a tecnologia bicombustível) entrega desempenho condizente ao crossover no uso urbano, mas limita a performance em situações de trilha por entregar o torque máximo a rotações elevadas, exigindo constantes reduções de marcha para superar trechos escorregadios e subidas mais íngremes.

O consumo divulgado pela Mitsubishi é baseado nos testes do Inmetro: 7,6 km/l em regime urbano e 8,9 km/l na estrada.

No geral, o ASX Outdoor é um carro que manteve as qualidades das versões urbanas ao proporcionar boa dirigibilidade e acomodar quatro adultos com conforto, porém mostrando-se à vontade fora do asfalto. No entanto, o modelo fica devendo um acabamento interno mais caprichado e uma lista de itens de conveniência mais robusta para a sua faixa de preço. Apesar de a Mitsubishi dizer que o Renegade não seja um concorrente do ASX, fica difícil o consumidor que necessita de um veículo com reais capacidades 4×4 não considerar a opção de compra da versão Sport do Jeep, equipada com um motor turbodiesel (a partir de R$ 99.900) mais forte, tração 4×4 e uma moderna transmissão automática de nove marchas. Diante do rival, as principais vantagens do ASX Outdoor ficam restritas ao espaço interno superior e pelo porta-malas de maior capacidade (605 litros contra 260 litros do Renegade).

A Mitsubishi espera vender 100 unidades do ASX Outdoor por mês, além dos cerca de 600 a 700 exemplares das demais versões. Apesar do acabamento simples e do desempenho comedido, o modelo chega como uma novidade aos fãs do descontinuado Pajero TR4, que até então não tinham mais uma opção de SUV 4×4 compacto dentro da gama da Mitsubishi.

Viagem a convite da Mitsubishi
Fotos: Divulgação / Tom Papp / Adriano Carrapato

Ficha técnica

Modelo
Mitsubishi ASX Outdoor
PreçoR$ 97.990
MotorDianteiro, transversal, 2.0 litros, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, injeção de combustível multiponto sequencial, a gasolina
Cilindrada (cm³)1.998
Potência160 cv a 6.000 rpm
Torque20,1 kgfm a 4.200 rpm
Freios dianteirosDiscos ventilados com ABS e EBD
Freios traseirosDiscos sólidos com ABS e EBD
Suspensão dianteiraIndependente, McPherson, com molas helicoidais e barra estabilizadora
Suspensão traseiraIndependente, multi-link, com molas helicoidais e barra estabilizadora
RodasLiga leve de 16 polegadas
Pneus235/60 R16 (uso misto)
DireçãoElétrica
Peso em ordem de marcha (kg)1.485
Comprimento (metros)4,33
Largura (m)1,80
Altura (m)1,65
Distância entre-eixos (m)2,67
Tanque (litros)60
TransmissãoManual de cinco marchas
Tração4x2 (dianteira), 4x4 sob demanda e 4x4 com bloqueio do diferencial
Aceleração de 0 a 100 km/h (segundos)9,6
Velocidade máxima190 km/h