Duas unidades do Toyota Prius passaram a integrar a frota da Polícia Militar do Rio de Janeiro. A iniciativa é fruto de parceria entre a fabricante e o Governo do Estado do Rio de Janeiro e visa estimular o uso de veículos ecologicamente amigáveis, ao passo que a sua utilização também serve como importante vitrine para disseminar a tecnologia híbrida no Brasil.

Recentemente os veículos híbridos ganharam isenção de imposto, o que acarretou em descontos, como no caso do BMW i3 e planos para vendas de outros modelos, como o Kia Soul EV. Os Prius serão utilizados por agentes na realização de rondas, patrulhamento e monitoramento das ruas da cidade do Rio de Janeiro até novembro de 2016. Mais especificamente, terão uso prioritário no grupamento responsável pelo policiamento de proteção ao turista, na orla carioca.

Vendido no Japão e nos Estados Unidos desde 1997, o Prius acumulou em setembro deste ano mais de 7 milhões de vendas globais. O modelo é comercializado no Brasil desde 2012 e teve 73 emplacamentos no acumulado de janeiro a novembro deste ano. Por aqui, o híbrido esbarra no alto preço: a partir de R$ 111 mil. O híbrido também faz parte da frota da Polícia de Fernando de Noronha.