A nova geração do Chevrolet Cruze será lançada nos Estados Unidos apenas no primeiro trimestre do ano que vem, mas os seus preços já foram revelados. Disponível em cinco versões, o sedã custará entre US$ 16.620 (cerca de R$ 62.960 em conversão simples) e US$ 23.120 (R$ 87.590), sem contar o frete de US$ 875 (R$ 3.315) – a versão de entrada L manual teve um acréscimo de US$ 450 (R$ 1.700) em relação à geração anterior.

  • L manual – US$ 16.620
  • LS manual – US$ 18.120
  • LS automático – US$ 19.120
  • LT automático – US$ 21.120
  • Premier automático – US$ 23.120

O valor da configuração mais barata é quase US$ 2 mil (R$ 7.580) mais em conta que o do recém-revelado Honda Civic de décima geração de entrada, que deverá ser o principal rival do novo Cruze no mercado norte-americano.

Segundo informações preliminares, todas as versões do Cruze sairão de fábrica equipadas com sistema multimídia MyLink com tela de sete polegadas e compatibilidade com aplicativos Android auto e Apple CarPlay. As configurações mais completas terão recursos de segurança mais avançados, como alertas de ponto cego e de tráfego cruzado, assistente de mudança de faixa e alerta de colisão frontal, além de controles de estabilidade e tração e airbags frontais, laterais e de cortina.

A única motorização disponível será a de 1.4 litro turbo a gasolina de 155 cv de potência, associada a caixas manual ou automática, ambas de seis velocidades. Um propulsor movido a diesel será oferecido futuramente.

Por se tratar de um projeto global da GM, o novo Cruze também está nos planos da empresa para o Brasil. Por aqui, o modelo deve chegar em 2017, importado da Argentina.

Fotos:Divulgação