Antes mesmo da abertura do Salão do Automóvel de Los Angeles, na próxima sexta-feira (200, a Fiat decidiu revelar a sua grande novidade para o evento. Trata-se do conversível 124 Spider, modelo baseado no Mazda Miata (ou MX-5, dependendo do mercado onde é vendido) com o qual compartilha plataforma e componentes.

Segundo Olivier François, chefe da marca Fiat dentro do grupo FCA, o conversível oferece uma “pura experiência de condução italiana”. O modelo marca a comemoração de 50 anos do primeiro 124 Spider. Dessa maneira, a Fiat vai confirmando a estratégia de ressuscitar antigos nomes, como fez há alguns anos com o compacto 500 e recentemente com o sedã Tipo.

+ Confira nossa avaliação do Fiat 500 Abarth.

O interior do 124 é extremamente parecido com o do primo japonês, o que pode ser um trunfo, já que a posição de dirigir do Miata é bastante elogiada. As principais diferenças entre os modelos está sob o capô. Enquanto o roadster da Mazda usa motores de 1.5 litro de 131 cv e 1.8 de 160 cv naturalmente aspirados, o modelo Fiat é equipado com o bloco 1.4 turbo que rende até 162 cv de potência e 24,5 kgfm de torque. A transmissão pode ser manual ou automática de seis velocidades, enquanto a tração é sempre traseira.

Para marcar a estréia, as primeiras 124 unidades serão oferecidas na cor azul nos Estados Unidos e vermelha na Europa, todas com uma placa comemorativa e bancos de couro.

Fotos: Divulgação