A Land Rover lançou de forma oficial o Range Rover Evoque conversível. Anunciado como o “primeiro SUV compacto de luxo conversível do mundo”, o modelo fará sua estréia mundial na próxima semana durante o Salão de Los Angeles. A fabricante também confirmou que o modelo será vendido no Brasil no próximo ano.

Principal diferencial, a capota feita de tecido leva apenas 18 segundos para ser aberta ou fechada com o carro parado. Também é possível acionar o teto em velocidades de até 50 km/h, porém o dispositivo levará 21 segundos para completar a tarefa. A fabricante britânica ressalta que o isolamento acústico é similar ao versão de cinco portas do Evoque — obviamente quando a capota está fechada.

Devido às mudanças estruturais e o peso extra do teto conversível, o Evoque conversível é 270 kg mais pesado que o modelo convencional. Segundo a Land Rover, a capota não interfere na área de carga que é de 251 litros, bem menos que os 420 litros da versão duas portas, na qual a versão foi baseada.

Em termos de motorização, o Range Rover Evoque Convertible será oferecido nos Estados Unidos apenas com um motor de quatro cilindros 2.0 turbo capaz de gerar 240 cv, enquanto a transmissão é automática de nove velocidades. Na Europa, o carro contará com um bloco 2.0 a diesel que entrega 180 cv. Por dentro, a nova variante do SUV conta com a inédia central multimídia com tela sensível ao toque de 10.2 polegadas.

O modelo deve chegar às lojas no primeiro semestre de 2016 com preço sugerido de US$ 50.475 ou aproximadamente R$ 190 mil em conversão simples.