Após a aprovação, na última terça-feira (27), da proposta que determina que os veículos puramente elétricos não pagarão mais o chamado Imposto de Importação (IPI), alíquota de 35%, a Kia anuncia a decisão de iniciar a importação do modelo sul-coreano Soul EV.

Primeiro veículo da Kia Motors com tecnologia ecologicamente correta, o Soul EV tem emissão zero e já está homologado no País. Com autonomia significativa, o Soul EV é capaz de rodar 179 km na estrada e 219 km na cidade, gerando uma média de 199 km, de acordo com a fabricante. Para aumentar a eficiência e o alcance, o Soul EV usa sistema de frenagem regenerativa para capturar até 12% da energia cinética do carro, alimentando de volta para a bateria enquanto o veículo está em movimento.

De acordo com a Kia, o tempo de carga é de 24 horas, para uma bateria totalmente descarregada utilizando uma tomada de 120 V padrão, e menos de cinco horas, quando conectado a uma tomada de 240 v. Já a faixa de 80% do carregamento pode ser alcançada em menos de 33 minutos com a saída 50 kw, quando a bateria está descarregada.

Com tração nas rodas dianteiras, o Soul EV traz está apto para atingir velocidade máxima de 145 km/h e possui torque de 29 kgfm. Como não emite ruído de motor a Kia equipou o modelo com um sistema “alerta de pedestres” (PWS), que emite um alerta auditivo em velocidades baixas.

Em termos de conforto para os ocupantes, há uma redução de 3,1 polegadas no espaço para as pernas do banco traseiro (39,1-36 polegadas) em relação ao Soul movido à gasolina, enquanto o espaço para cargas não foi alterado.

O Soul EV conta com uma tela de navegação de oito polegadas, um carregador de 6.6 kW on-board, câmera traseira Display3, Bluetooth, vidros elétricos, banco do condutor elétrico, controle de cruzeiro e um sistema de climatização exclusivo, desenvolvido para aumentar o alcance da condução, minimizando o gasto de energia.

Também merece destaque a tecnologia Organic Light Emitting Diode (OLED) para o baixo consumo de energia e praticamente sem acúmulo de calor em seu painel de instrumentos, que fornece informações sobre o fluxo de energia do veículo, o tempo de carga, o nível de condução ECO e economia energia, medindo a eficiência da bateria em funcionamento. Além disso, o sistema OLED emite um alerta que permite ao condutor verificar rapidamente a quantidade de carga que a bateria ainda possui.

A Kia ainda não confirmou, porém, quando o modelo chegará ao Brasil. O preço do modelo também permanece em segredo.